Ensaio para a grande noite

 

Dançarinos ao quase quase luar, afinados como poucos: aqui estamos.

É a preparação para a febre do próximo sábado à noite… e enfarpelados com os nossos melhores ossos (há hábitos que não se perdem, fazer o quê?)

 

Sobre Teresa Conceição

Ainda estou a aprender esta terra de hieróglifos. Tenho na mala livros e remoinhos, mapas e cavalos guerreiros, lupas e lápis de cor: lentos decifradores. Sou nativa de Vadiar, terra-a-terra. Escrever? Ainda não descobri onde fica. Mas parto com bússola e farnel (desconfio que levo excesso de bagagem).
Esta entrada foi publicada em Post livre. ligação permanente.

7 respostas a Ensaio para a grande noite

  1. O Eco de Umberto diz:

    Isto vai ser a passagem de ano para 2013, quando já formos todos esqueletos.

    • Teresa Conceição diz:

      Eco,
      debaixo desta Tristeza somos videntes. A nossa bola de cristal antecipa-se com frequência 🙂

  2. Luciana diz:

    Escuto o chacoalhar….e hábitos não fazem os monges, mas indicam a congregação, né 😉

    • Teresa Conceição diz:

      Luciana!
      Quem já dançou connosco só pele e osso, como a Luciana, conhece os cantos ao convento 🙂

  3. Carla L. diz:

    Que boa lembrança, Teresa!!! Lugarzinho aprazível esse e você sempre nos brindando com recantos deliciosos..tin..tin..e depois dessa preparação estou certa de estarmos no caminho correto!

  4. Rita V diz:

    eu alinho
    esperem por mim ….

  5. António Eça de Queiroz diz:

    Bora fazer um ossofone com os nossos esqueletos?…

Os comentários estão fechados.