Os 6 Medos Básicos, 2/6

Medo da Crítica by riVta

Medo da crítica by riVta

Sobre Rita Roquette de Vasconcellos

Apertava com molas da roupa, papel grosso ao quadro da bicicleta encarnada. Ouvia-se troc-troc-troc e imaginava-me a guiar uma mobylette a pedais enquanto as molas a passar nos aros não saltassem. Era feliz a subir às árvores, a brincar aos índios e cowboys e a ler os 5 e os 7 da Enid Blyton. Cresci a preferir desenhar a construir palavras porque... escrever é triste.
Esta entrada foi publicada em Post livre com as tags . ligação permanente.

13 respostas a Os 6 Medos Básicos, 2/6

  1. manuel s. fonseca diz:

    Pois é, Rita, mas custa tanto enfiar a carapuça…

  2. Carla L. diz:

    Na maioria das vezes a crítica costuma ser mais que necessária, e assim é muito bem vinda.Exceto vindo daquele tipo de gente acostumado a criticar por criticar.Porque tem quem só viva de reclamar dos defeitos alheios sem olhar para os seus.

  3. Ana Rita Seabra diz:

    Gosto da crítica e é importante, mas enquanto construtiva e não destrutiva

  4. Bernardo Vaz Pinto diz:

    Saber aprender com uma boa crítica, saber passar ao lado de uma inconsistente e demagoga. Não é fácil, mas é o caminho.

  5. caruma diz:

    Que bem escolhidos os medos, Rita, e tão bem apanhados pela rotring.

  6. T. diz:

    É pena que não temamos os elogios que às vezes são mais danosos do que a crítica.

Os comentários estão fechados.