Le Voyage dans la Lune.


Não há dúvida que Meliès está na moda. Depois da versão colorizada de Voyage dans la Lune redescoberta pela Filmoteca de Catalunya, depois do impecável restauro, depois da “estreia” em Cannes com banda sonora dos Air, depois da homenagem de Scorcese em Hugo, eis que os franceses Nicolas Godin e Jean-Benoit Dunckel regressam sozinhos à Lua. Quatorze anos depois de Moon Safari.

Para quem seja apreciador do género, Le Voyage dans la Lune, é um regresso ao melhor dos Air. Para quem não morre de amores por música electrónica, os 14 minutos de Méliès incluídos no álbum valem bem a compra. Basta ter alma de criança.

Sobre Pedro Norton

Já vos confessei em tempos que tive a mais feliz de todas as infâncias. E se me disserem que isso não tem nada a ver com tristeza eu digo-vos que estão muito, mas muito, enganados. Sou forrado a nostalgia. Com umas camadas de mau feitio e uma queda para a neurose, concedo. Gosto de mortos, de saudades, de músicas que nunca foram gravadas, de livros desaparecidos e de filmes que poderiam ter sido. E de um bom silêncio de pai para filho. Não me chamem é simpático. Afino.

Esta entrada foi publicada em Post livre. ligação permanente.

10 respostas a Le Voyage dans la Lune.

  1. Teresa Conceição diz:

    Pedro, isto é delicioso.
    Colorido tem ainda mais graça.
    (mas aqui entre nós, desconfio que eles não chegaram à lua)

  2. António Eça de Queiroz diz:

    Genial, só conhecia alguns fotogramas clássicos, o filme todo é uma delícia.
    E que visão, a ‘cápsula’ só podia amarar. A NASA mamou daqui!
    E ficámos a saber que os lunáticos afinal são uns chatos…
    A música não estraga nada o filme, faz lembrar certos momentos de The Art of Noise (in-non-sense)

  3. manuel s. fonseca diz:

    Vi este e mais uma dúzia na Cinemateca, quando cá veio a Madame Méliès (a neta ou bisneta?) em ciclo acompanhado por música ao vivo (só um piano!). Se bem me lembro fui eu que acompanhei o ciclo e escrevi as folhas. Vão ver que ainda vou ao sótão descobrir a coisa e, se não envergonhar muito, lá terão de me aturar…

  4. Rita V diz:

    gostei imenso

  5. Bernardo Vaz Pinto diz:

    Extraordinário !!!! E até gosto mais dos Air….ligam-se bem com as cores.

Os comentários estão fechados.