Arquivos Mensais: Março 2012

Portugal-Grécia

Para quem vive de forma apaixonada estas questões, e sobre elas pensou a nível profissional na última dúzia de anos, é difícil ficar indiferente. A « Les Inrockuptibles », uma das melhores revistas europeias de arte e entretenimento – para a qual … Continuar a ler

Publicado em Post livre | 7 Comentários

O Clube II

Leio no “El Mundo” que há uma nova moda de letreiros anunciando falência: “Liquidamos negocio por desesperación”. Colados às janelas das lojas encerradas, há também cartazes com uns “Damos las gracias a políticos, sindicatos y bancos”. Ja paguei as quotas on-line. Recebo o … Continuar a ler

Publicado em Escrita automática | 1 Comentário

Um Clube

Falo pelo telefone com amigos e conhecidos e consigo vê-los: sem pachorra, sorumbáticos, o corpo afundado numa espessa melancolia. Por vezes, dou por mim no mesmo vício, como se o Clube dos Bem-Dispostos não aceitasse mais sócios. Hoje vou pagar … Continuar a ler

Publicado em Escrita automática | 9 Comentários

Fulano e Sicrano

Ralph Fiennes, o protagonista de “O Paciente Inglês” e “O Fiel Jardineiro”, é um óptimo actor. A partir de agora, é também um péssimo realizador. “Coriolano” é a adaptação de uma peça de William Shakespeare sobre o general romano Caius … Continuar a ler

Publicado em Post livre | 3 Comentários

Eu gosto do Sr. António

Publicado em Post livre | 8 Comentários

Uma noite no Balajo

Dos meus dancings parisienses, gosto bem mais do velho Balajo do que do Barfly. Só o La Chunga, em Cannes, bate aos pontos e canalhice a bela espelunca da Bastilha. Esta é a primeira “conversa” que vou buscar ao extinto “Semanário”, … Continuar a ler

Publicado em Post livre | 7 Comentários

Uma noite no sótão: com Francis Coppola

  Tinha perdido a chave. Mas hoje ouvi tanto barulho no sótão que rebentei a porta. Fiz bem. Fugida à dura vida de Napa Valley, uma família de camponeses, os Coppola (leia-se mesmo Cópula, como deve ser) vieram esconder-se na … Continuar a ler

Publicado em Post livre | 18 Comentários

é Triste correio postal

O lindo presente da Teresa Grancha – foi ela quem fez o postal, e foi mesmo ela quem o pôs no correio. O que diz do outro lado? Qual foi a ocasião? Isso é segredo bom, não vou contar. Mas também desenhou … Continuar a ler

Publicado em Post livre | 6 Comentários

Um mistério Triste

Sabe aquelas mensagens em letras de papel recortadas, em frases cifradas por descobrir? Pois bem. Não sou de intrigas e sei guardar segredos tal como a polícia, os tribunais e que tais. Porém, a minha Eugénia, ó dela, recebeu uma: digital. … Continuar a ler

Publicado em Post livre | 6 Comentários

Eça por outros

Tema central da minha existência?… Pensei nisso a sério hoje, pela primeira vez, e cheguei à conclusão que não é bem assim. Não é fácil ter um antepassado próximo com a amplitude de Eça – isso sim, fui sabendo através … Continuar a ler

Publicado em Post livre | 16 Comentários

A diferença entre Belógue e Blog

Já todos sabem que blog vem de ‘web log’. «O termo weblog foi criado por Jorn Barger em 17 de dezembro de 1997. A abreviação blog, por sua vez, foi criada por Peter Merholz, que, de brincadeira, desmembrou a palavra … Continuar a ler

Publicado em Post livre | 9 Comentários

Perder é que é fodido

Empatar é triste. Perder é que é que é fodido. Desculpem meninas, mas é o que é.  

Publicado em Post livre | 7 Comentários

ART ME UP – iii

ART ME UP ANA VIDIGAL – ii – CASA DOS SEGREDOS LOCK ME SAFE-SET ME FREE Da Casa dos Segredos, de Ana Vidigal, já li que era uma escultura, uma instalação e ambas. Deixo isso para quem disse. Mas a … Continuar a ler

Publicado em Post livre | Tags | Comentários fechados em ART ME UP – iii

Waiting for the red storm

Chelsea boys waiting for the red storm (Didier Drogba is missing)

Publicado em Post livre | 4 Comentários

Memórias difusas de cidades: Luanda

                                                       Luanda, março 2012 As torres de vidro erguem-se, orgulhosas e altivas, como palmeiras secas e sem folhas ainda cobertas do pó que se levanta na cidade. Um pó vermelho que no ar é neblina. A baía como um … Continuar a ler

Publicado em Post livre | 6 Comentários