Perder é que é fodido

Perder é que é fodido

Empatar é triste. Perder é que é que é fodido. Desculpem meninas, mas é o que é.

 

Sobre Pedro Norton

Já vos confessei em tempos que tive a mais feliz de todas as infâncias. E se me disserem que isso não tem nada a ver com tristeza eu digo-vos que estão muito, mas muito, enganados. Sou forrado a nostalgia. Com umas camadas de mau feitio e uma queda para a neurose, concedo. Gosto de mortos, de saudades, de músicas que nunca foram gravadas, de livros desaparecidos e de filmes que poderiam ter sido. E de um bom silêncio de pai para filho. Não me chamem é simpático. Afino.

Esta entrada foi publicada em Post livre. ligação permanente.

7 respostas a Perder é que é fodido

  1. manuel s. fonseca diz:

    Aquilo – aquilo! – correu-nos mesmo muito mal. Saiu torto e feioso.

  2. Margarida diz:

    um clube onde só jogam estrangeiros…

  3. Panurgo diz:

    Com o Benfica há sempre qualquer coisa de bíblico. Ontem a sabedoria de Salomão Kalou Jesus. É um mundo à parte, o glorioso.

  4. Ana Rita Seabra diz:

    Concordo, perder é lixado.
    O Jesus não teve sorte

  5. Pedro Bidarra diz:

    Crucifique-se

  6. Fernando Vale diz:

    O Benfica não perdeu….segundo Jesus, só não ganhou nem empatou…

  7. pedro marta santos diz:

    Perder assim é mesmo muito fodido.

Os comentários estão fechados.