Vem no Weak Leaks: Escrever é Triste foi secretamente fotografada…

Ana Vidigal

Lembram-se? Claro que se lembram! Em Janeiro convidámos a Ana Vidigal para fazer o retrato à nossa Escrever. A Ana mimou-nos com esta visão nostálgica e justa. Nunca a nossa Triste foi tão infantilmente Triste.

Já tínhamos decidido, mas tivemos então a certeza de que todos os meses convidaríamos alguém que admirássemos para o retrato do mês. Eu, com os meus acessos privilegiados – tomara o Weak Leaks – já sei quem é, mas não digo: que interessaria o raio da existência sem mistérios, como de maneira mais poética disse quem nós convidámos.

Já sabem, à meia-noite de domingo, quando a segunda feira já tiver um minuto, o nosso banner muda. Vai ser uma grande surpresa. Aceitam-se palpites.

Sobre Manuel S. Fonseca

O meu maior medo é que a morte seja tudo às escuras sem se poder ler. Pouco interessa deixar de ser humano, desde que não deixe de ser leitor. Ler é do mais feliz que tenho. Até porque escrever é triste.
Esta entrada foi publicada em Post livre. ligação permanente.

10 respostas a Vem no Weak Leaks: Escrever é Triste foi secretamente fotografada…

  1. Panurgo diz:

    Manuel, um sapo em fora-de-jogo?

  2. Não é o Magritte
    Nem a Frida
    Nem as cores
    do Klein

  3. Bernardo Vaz Pinto diz:

    Ceci n’est pas une pipe…perdão..un BLOG …

  4. manuel s. fonseca diz:

    Serão as pombinhas da Catrina?

  5. manuel s. fonseca diz:

    Aquilo do ceci n’est pas une pipe sempre me pareceu ter um sub-texto brejeiro… e mais não digo.

  6. “infantilmente”? 🙂

    • Manuel S. Fonseca diz:

      Ó sim, a graça infantil de que fala HH num poema simples a que chamou Ciclo. 🙂

Os comentários estão fechados.