A Verdadeira História de Manelinha Soraya

L'Assaut, William Bouguereau

Versão Light, claro!
Em resposta ao desafio da Teresa acima , ver resposta abaixo:

Sobre Rita Roquette de Vasconcellos

Apertava com molas da roupa, papel grosso ao quadro da bicicleta encarnada. Ouvia-se troc-troc-troc e imaginava-me a guiar uma mobylette a pedais enquanto as molas a passar nos aros não saltassem. Era feliz a subir às árvores, a brincar aos índios e cowboys e a ler os 5 e os 7 da Enid Blyton. Cresci a preferir desenhar a construir palavras porque... escrever é triste.
Esta entrada foi publicada em Museu das Curtas. ligação permanente.

49 respostas a A Verdadeira História de Manelinha Soraya

  1. :):):) Se não estivesse com tanto sono, comentava. Assim só consigo rir.:) Ai, Rita.

  2. António Eça de Queiroz diz:

    Muito divertido e bem montado.
    A Banessa é uma imbejosa…

  3. Luciana diz:

    Rita, querida,

    o que perdia eu hoje pensando em só vir cá amanhã /o\

    adorei, o que ri não está no gibi.

    obrigada.

  4. Ana Vidal diz:

    Está mal, está mal. A sirigaita da Manelinha Soraya, além de desavergonhada, é uma pedófila. Pobres anjinhos inocentes, assim atirados para os prazeres da carne numa idade em que só deviam comer peixinho e Cérelac! A mana Vanessa tem toda a razão, se já se viu tamanha pouca-vergonha! Estou chocada.
    Está mal, prontos.

  5. ahahahahahahahahha!

  6. diverti-me tanto a fazê-lo …
    ah ah ah
    beijinhos
    tankiú

  7. manuel s. fonseca diz:

    Acordei agora e vi da janela uma multidão à porta da casa da menina EeT aos gritos de despe, despe, despe!!! O que se passa, Rita

    • O Guilherme finalmente desmascarou-se. Pediu à Manelinha Soraya para se despir, a Vanessa Luísa morreu de vergonha e desapareceram as duas no éter.
      Nada que a nossa Tia não resolva com um bom tau-tau!

  8. Bernardo vaz Pinto diz:

    Isto no Século XIX é que era: tudo pela beleza e pela arte, até a Manelinha a despir-se….com a ajuda de anjos e afins…Agora já não é assim, a Manelinha pede logo uma pipa de massa antes de tirar os oculos D&G, e vem logo a Vanessa atrás, toda ela “Chanel”, com um contracto para assinar…

    • … e se fosse uma novela portuguesa, Manelinha era filha de Guilherme, Vanessa sua irmã que tinha saído de um coma prolongado e não se lembrava de nada, afinal era mãe dela e o Guilherme coitado, vestia-se de preto e andava de elevador, para cima e para baixo. No final, mesmo já no último capítulo, descobria-se que a Manelinha era mas era, filha daquele arquitecto que achava que ‘… Pelo modo como coloca os pés no chão, cruza as mãos uma sobre a outra e inclina ligeiramente a cabeça, percebo que é gay … ‘ e que ainda por cima o diz por escrito num jornal nacional!

      • Bernardo Vaz Pinto diz:

        Pois seria assim sem duvida, a viverem num andar lá para os lados de Benfica com a carpete felpuda a vir até à porta, uma copia desgastada de um quadro do Renoir na parede, tirado do jornal de domingo….e um cheiro a fritos na cozinha….

  9. caruma diz:

    Manelinha Soraya, Manelinha Soraya porque nos abandonaste?
    Agora que EéT estava um fresquinho tão bem montado de nus e asas – ora, abóbora, a vergonha é uma vergonha.

  10. Banessa Manelinha Luisa Soraya diz:

    Não sei se tem alguma coisa contra a nossa família, mas, até aparecer esse seu filmezeco, éramos uma família muito honrada! Ora não querem lá ber!!!

  11. teresa conceição diz:

    Rita, o que eu perdi por andar perdida nas ruas macaenses e não vir cá de visita.
    Que entrada eufórica no mundo das artes. Ri tanto que o trabalho agora até vai saber melhor.
    Adorei (se calhar vou lá em cima adorar outra vez 🙂 )

  12. teresa conceição diz:

    Ah, e também gostei muito da dedicatória.
    É um embrulho com linda fitinha que eu iria de estafeta entregar de sorriso escancarado.

  13. Sim senhora!!! Aahahahahaha! Vais longe! Looooonge!

  14. Ana Rita Seabra diz:

    ahahahahah já nos pôs todos a rir 🙂
    Essa Manelinha anda por aí doida de felicidade, ao despir-se, libertou-se!!
    Quanto à Vanessa Luis é que é pior…

  15. Patricia V diz:

    Bem…por este andar já percebi…tu és a Manelinha que te despes….despes-te e despes-te….deu-te agora depois de velha :(……uma pouca vergonha que não sei quem te ensinou estas coisas do despir assim sem mais nem menos. E dizes ainda que isto é a “versão light”…tens cá uma lata!
    Resto, Eu, que como tua irmã que sou, devo ser a Banessa Luisa?!
    Se precisares muito dispo-me….e acabas o filme em beleza….não quero que te falte nada.
    🙂
    beijos

  16. Cristina Gonçalves diz:

    ehehhe, para quando a versão “fat”? ( liga bem com a manelinha,serafins e querubins…)

  17. Cristina Gonçalves diz:

    eheheheh! (o final é delicioso…)
    fico à espera da versão “fat” (liga mt bem com a manelinha, os serfins e os querubins…)

  18. Vasco grilo diz:

    Toma la’ Terry Gillian. Agora fica para ai’ a roer-te de inveja….

  19. Diogo Leote diz:

    Espectacular! Mas não dá para ver a Vanessa nua também? Acho que ela tinha ainda mais potencial do que a irmã…

  20. T. diz:

    Rita , só hoje consegui ver porque ontem tive um dia dos diabos.
    Que coisa tão gira e tão divertida. E tens toda a razão, pior do que estar vestida de certezas só herdá-las . Um bj e parabéns. Gostei muito .

  21. MJC diz:

    Ahahahhahahahahah _________ foi corajosa e queimou as certezas herdads ___________ grande Manelinha Soraya

  22. pedro marta santos diz:

    Rita, a sua boa disposição é contagiante. E que belo trabalho de montagem.

  23. … até me enervei com o seu comentário
    😀
    lá diz o ditado
    – quem não caça com caneta …inventa!
    lol

Os comentários estão fechados.