Jovens canibais

Tenho, no canto remoto da minha cabeça, um caderno de papel pardo onde faço listas de superlativos. Sei quem é (mas não digo) a mulher mais feia de Portugal, já escolhi o melhor filme de sempre rodado num só dia (A Arca Russa de Alexander Nikolayevich Sokurov), conheço o quadro-com-um-pescador mais fabuloso do mundo (já o pendurei aqui: The Fog Warning de Winslow Homer), o tipo com a cabeça mais fodida da literatura russa (Rodion Romanovich Raskolnikov) e a artista formerly known as Prince que melhor consegue tocar deitado de costas num piano de cauda (vi-o em Madrid com estes olhinhos que a terra há de comer). Hoje escolhi a banda-pop-rock-levemente-foleira-que-tocou-um-cover-de-Presley-mais-injustiçada-de-todos-os-tempos.

 

Sobre Pedro Norton

Já vos confessei em tempos que tive a mais feliz de todas as infâncias. E se me disserem que isso não tem nada a ver com tristeza eu digo-vos que estão muito, mas muito, enganados. Sou forrado a nostalgia. Com umas camadas de mau feitio e uma queda para a neurose, concedo. Gosto de mortos, de saudades, de músicas que nunca foram gravadas, de livros desaparecidos e de filmes que poderiam ter sido. E de um bom silêncio de pai para filho. Não me chamem é simpático. Afino.
Esta entrada foi publicada em Post livre. ligação permanente.

15 respostas a Jovens canibais

  1. manuel s. fonseca diz:

    Bela lista: diz umas coisas sobre o autor, não diz?!

    Ah, ainda comprei o single com o esse origianl do Elvis. Ó Pedro, veja lá se compra o casaquinho dourado igual ao do vocalista

  2. Pedro Bidarra diz:

    O que eu dançei isto… eu que não sei dançar.
    Apetece-me gin tónico

  3. e eu a pensar que era só o Diogo!!!!!
    ( Lol)

  4. Teresa Conceição diz:

    Que bela lista insuspeita, Pedro. E que bem ficam estes rapazes nela.

    • Pedro Norton diz:

      Não sei que é feito deles mas se os voltar a encontrar levo-lhes cumprimentos seus.

  5. Diogo Leote diz:

    Eh lá! Estes rapazinhos que há muito te deixam louco compõem um belo tesourinho deprimente, ouvidos em 2012. Isto dançava-se numa sala com camilhas ao canto.

  6. pedro marta santos diz:

    O Ricardo Giro é obcecado pelo “Suspicious Minds” no remake – muito apetecível, fur mich – do “A Bout de Souffle” pelo Jim McBride, com um anjo caído dos anos 80, Valerie Kaprisky – aposto 1000 euros como o Diogo se lembra desta moça. Cantei muitas vezes o “Suspicious Minds” nos anos 80, em privado e ao vivo. Mas não vou dizer onde, e porquê.

    • Diogo Leote diz:

      Mestre Marta Santos, ia lá eu esquecer-me da cena escaldante que a Kaprisky protagonizou com o Gere? Só isso valia o filme…

    • Pedro Norton diz:

      Se pensas que podes guardar esse segredo para sempre, desengana-te!

  7. Bernardo Vaz Pinto diz:

    A lista tem de continuar!. Quanto a “Suspicious Minds ” sou suspeito, acabo sempre na versão do King himself, em “That’s the Way it is “, um dos melhores documentários da história cinematográfica musical…Boa sugestão do Manuel : não queres comprar um casaco como o vocalista? it would be something ….

Os comentários estão fechados.