Ora

Dizem-me que a verdade é que me deveria tornar num cínico, deprimido e cáustico, aconchegado no conforto da inactividade, esperando que tudo passe, na esperança que talvez os meus filhos, ao chegarem à idade adulta, possam, com um bocado de sorte, saltar de novo a pés juntos e de braços no ar. Resolvi que não, que não é verdade e que saltar ainda consigo e que por isso mesmo me junto ao Pedro Marta Santos e me faço sócio do Clube-dos-Bem-Dispostos de que este é membro fundador e honorário. Hoje. Agora.

Ora – 2012, Lorenzo Jovanotti Cherubini

Sobre Vasco Grilo

Quando era rapazola dei demasiadas cabeçadas com a minha pobre caixa de osso. Hoje, como deliciosa consequência, encontro a minha razão intermitente como uma rede WI-FI, sem fios nem contrato fixo. Por vezes suspeito que a minha alma seja a de um velho tirano sexista e sanguinário, prisioneiro no corpo perfumado e bem-falante de um jovem republicano. Mas talvez eu seja só é um bocado sonso. A cidade para onde me mudei no final do século passado chama-se Aerotrópolis. Daqui partem todas as estradas e para aqui todas elas confluem. Em seu redor e para minha sorte, está um mundo que é grande e ainda muito comestível. Creio que a verdadeira felicidade possa causar uma certa tristeza. E por isso e só por isso, aqui, escreverei.
Esta entrada foi publicada em Post livre. ligação permanente.

6 respostas a Ora

  1. Fui a correr pagar as quotas

  2. Escrever é Triste diz:

    E não é que o sol começou a dar curvas (e saltos) entre as nuvens…

  3. Luciana diz:

    Já estou. Quero carteirinha.

  4. pedro marta santos diz:

    Muito bem vindo, caríssimo Vasco. A primeira reunião pode ser em minha casa, a ver o “Duck Soup” do Leo MCarey com os irmãos Marx. O absurdo funciona sempre bem como hors d’oeuvres.

  5. Eu proponho-me como “sócia observadora” numa espécie de “observatório” , que criei no comentário anterior.
    Também posso acumular ( derivado de cúmulo) com “elemento regulador” se quiserem. (Tenho aqui um trem de panelas bestial para o efeito)….aguardo decisão do “comité de avaliação de propostas”, ou do todo poderoso Pedro Marta Santos.
    Grata.

    (isto é tudo uma manobra de diversão para evitar as quotas…:) )

  6. teresa conceição diz:

    bOra! é na hora! tou mais que nessa, Vasco.
    Já meti uma cunha ao Pedro MS e quero estar presente, nem que seja como espiã infiltrada, na sessão de irmãos Marx. Há lá melhor entrada?

Os comentários estão fechados.