A austeridade de Ana Vidigal

Já foi inaugurada. É uma exposição de Ana Vidigal. Faz com que fique em Abrantes quem já vive em Abrantes e faz com que tenha de ir a Abrantes mesmo quem nunca tenha pensado ir a Abrantes.
Até 27 de Junho, Austeridade (e pequenos sinais de fumo) é a exposição que pode  ser vista na Galeria Municipal de Arte, em Abrantes. “Usei-me, não deixei que nada me usasse” é um lema que os Tristes vão adoptar logo que voltem da excursão que já estão a planear. Todos a Abrantes.

 

Sobre Escrever é Triste

O nome, tiraram-mo de Drummond. Acompanho com um improvável bando de Tristes. Conheço-os bem e a eles me confio. Se me disserem, “feche os olhos”, fecharei os olhos. Se me disserem, “despe-te”, dispo-me.
Esta entrada foi publicada em Post livre. ligação permanente.

5 respostas a A austeridade de Ana Vidigal

  1. RitaV diz:

    Bo’ra Bo’ra

  2. Teresa conceicao diz:

    Eu tou no ir ! 🙂

  3. Deve ser bem interessante. Não sendo Triste acho que também lá vou estar caída. Obrigada pela sugestão.

  4. Bernardo Vaz Pinto diz:

    Bela sugestão cultural e veraneante, pode ser que consiga apanhar a caravana triste…

  5. pedro marta santos diz:

    Nunca tive tanta vontade de ir a Abrantes.

Os comentários estão fechados.