Solstício

Agora que os raios solares devem estar a incidir perpendicularmente sobre o Trópico de Câncer, saúdo o Solstício, o nosso quente Solstício de Verão, apesar de os registos do dia serem tudo menos amenos. Não acreditam?

  • Nas brenhas, no Iowa, em 1873, faz hoje anos que Jesse James o seu bando fizeram o seu primeiro assalto a um comboio. O sol levantou-se para que eles inaugurassem uma carreira iníqua.
  • Em 365, já na nossa era, a infeliz Alexandria foi varrida por um maremoto. O sol aqueceu depois os destroços e milhares de cadáveres.
  • Era ainda esse, ou talvez outro, o Sol que veio testemunhar, no solstício de Verão de 1861, a primeira grande batalha da Guerra Civil Americana, a batalha de Ball Run, na Virginia.
  • Não fora o solstício, neste caso o de 1865, e talvez nunca tivesse havido duelos no Oeste americano: Wild Bill Hickok abateu neste dia, sem contemplações, o esquecido e inútil Davis Tutt, que o jogo e as dívidas envergonhavam.
  • Em 1944, ao pobre sol de Berlim, Hitler fuzilou os conspiradores que no dia anterior tinham atentado contra a sua lamentável vida.
  • Descrendo da luz solar, com os relâmpagos de 22 explosões se fez a Sexta-feira Sangrenta com que o IRA iluminou Belfast em 1972.
  • E onde o Sol não chega, à estação de Vostok na Antártida, registou-se neste dia de 1983 a mais baixa temperatura de que há memória, essa inominável coisa de uns negativos 89,2 graus centígrados.

Sobre Manuel S. Fonseca

O meu maior medo é que a morte seja tudo às escuras sem se poder ler. Pouco interessa deixar de ser humano, desde que não deixe de ser leitor. Ler é do mais feliz que tenho. Até porque escrever é triste.
Esta entrada foi publicada em Post livre. ligação permanente.

3 respostas a Solstício

  1. mira , mira Manuel el Solsticio de Verano en «Éstonréje» ( ah ah ah ah ah ah ah )

  2. Panurgo diz:

    Oh Sun, to tell thee how I hate thy beems
    That bring to my remembrance from what state
    I fell, how glorious once above thy Spheare…

  3. Bernardo Vaz Pinto diz:

    Manuel, este já passámos !!! Uffff!

Os comentários estão fechados.