Ava Gardner

HH & Ava

A Howard Hughes, Ava Gardner deu-lhe com uma estatueta de mármore na cabeça que o ia matando.

Ava Garden, perdão Gardner

 

Sobre Manuel S. Fonseca

O meu maior medo é que a morte seja tudo às escuras sem se poder ler. Pouco interessa deixar de ser humano, desde que não deixe de ser leitor. Ler é do mais feliz que tenho. Até porque escrever é triste.
Esta entrada foi publicada em Post livre. ligação permanente.

8 respostas a Ava Gardner

  1. Pedro Bidarra diz:

    Ai (suspiro)

  2. E foi merecido de certeza, que o homem precisava que alguém lhe fizesse frente…e que frente….

  3. fernando canhão diz:

    A situação descrita é violenta mas não se compara com o que lhe passo a contar, e se passa em Portugal, um fulano que conheci em tempos, numa discussão com sua mulher enervou-se de um modo a meu ver exagerado e deitou-lhe as mãos ao pescoço. Quanto mais apertava mais a suposta(*) vitima suplicava pela vida. Perante a insistência da suposta vitima o agressor cai nele, apercebe-se que legalmente estaria enrascado, as marcas dos dedos não enganariam nem o mais incauto agente da autoridade, e abre mão da infeliz. A suposta vítima sai acto contínuo pela porta fora em busca de socorro e consolo, e o celerado recolhe-se ao quarto. Participação na polícia, tramites legais, etc. etc..

    Entretanto o celerado, pega numa estatueta de um animal africano, e vai de se auto flagelar na testa fazendo-o com violência razoável. Cheio de sangue corre ao hospital da área de residência e declara-se ele a vítima de uma esposa cruel. Participação na polícia, trâmites legais, etc. etc..

    E você caro Manuel qual seria a sua atitude em caso semelhante ou de qualidade equivalente?

    (*) Estamos perante um putativo erro judiciário, ou perante um caso em que o talento foi emprestado à ignomínia?

  4. Caro Fernando,
    reconheço que se as entradas são escassas, as saídas ainda mais, mas dado o meu passado, ficaria com a estatueta africana: um corno de rinocerente fica bem em qualquer casa.
    ps- mas que belo post que este seu comentário é!

Os comentários estão fechados.