Barcarola? Esta sim.

Não é minha intenção embaraçar a Querida Escrever. Mas a Barcarola dela está, digamos, ligeiramente incompleta. Encontrei esta versão polaca com uma coreografia mais arrojada e com pormenores de produção subtis. Espero que as legendas estejam activas. Caso contrário cliquem no quadradinho que diz CC, na barra de baixo do vídeo. Divirta-se querida Tia.

Sobre Manuel S. Fonseca

O meu maior medo é que a morte seja tudo às escuras sem se poder ler. Pouco interessa deixar de ser humano, desde que não deixe de ser leitor. Ler é do mais feliz que tenho. Até porque escrever é triste.
Esta entrada foi publicada em Post livre. ligação permanente.

4 respostas a Barcarola? Esta sim.

  1. Escrever é Triste diz:

    Mas que desaforo, Manuel. E acha que isto se faria no São Carlos? É que nem no CCB!

  2. c. diz:

    Le temps fuit et sans retour
    Emporte nos tendresses,
    Loin de cet heureux séjour
    Le temps fuit sans retour.

    Zéphyrs embrasés,
    Versez-nous vos caresses,
    Zéphyrs embrasés,
    Donnez-nous vos baisers!
    vos baisers! vos baisers! Ah!

    Belle nuit, ô nuit d’amour,
    Souris à nos ivresses,
    Nuit plus douce que le jour,
    Ô belle nuit d’amour!
    Ah! Souris à nos ivresses!
    Nuit d’amour, ô nuit d’amour!
    Ah! ah! ah! ah!! ah! ah! ah! ah! ah

    C’est ça.

  3. Manuel S. Fonseca diz:

    Pois é c.

Os comentários estão fechados.