A varanda

Eis um mistério para desvendar em Novembro, no Museu das Curtas.

Edouard Manet, ‘A Varanda’, 1869, Musée d’Orsay

Juntaram-se na varanda. Por acaso?

O que se passará lá embaixo? O que se passa lá dentro? O que se passa? 

Nem Manet pintor saberia.

Mas nós vamos ficar a saber.

 

Sobre Teresa Conceição

Ainda estou a aprender esta terra de hieróglifos. Tenho na mala livros e remoinhos, mapas e cavalos guerreiros, lupas e lápis de cor: lentos decifradores.
Sou nativa de Vadiar, terra-a-terra. Escrever? Ainda não descobri onde fica. Mas parto com bússola e farnel (desconfio que levo excesso de bagagem).

Esta entrada foi publicada em Museu das Curtas. ligação permanente.

3 respostas a A varanda

  1. curioso (cher lock) diz:

    será que o menino jesus está interessado? 🙂

    vamos perguntar aos presentes Guillemet, Fanny Claus e Berthe Morisot (esperando sentada)

  2. Maria do Céu Brojo diz:

    De tal modo me empolgou a escolha da pintura que tive de ‘botar faladura’ escrita, embora correndo o risco de atafulhar este espaço.

Os comentários estão fechados.