Estúpido

O estúpido do IPAD! Cada vez que escrevo ‘bj’, ele escreve Beja! 

Sobre Rita Roquette de Vasconcellos

Apertava com molas da roupa, papel grosso ao quadro da bicicleta encarnada. Ouvia-se troc-troc-troc e imaginava-me a guiar uma mobylette a pedais enquanto as molas a passar nos aros não saltassem. Era feliz a subir às árvores, a brincar aos índios e cowboys e a ler os 5 e os 7 da Enid Blyton. Cresci a preferir desenhar a construir palavras porque... escrever é triste.
Esta entrada foi publicada em Escrita automática. ligação permanente.

25 respostas a Estúpido

  1. Ivone Costa diz:

    🙂 é um ipad a um beijo prefere a Alentejo.

  2. curioso (iPode) diz:

    por que não os dois?

    O Jobs sempre quis aju dar…

  3. fernando canhão diz:

    não semos nada, ou ele há coisas que não teem explicação. Venda-o naquilo do olx.

  4. Henrique Monteiro diz:

    Portanto, não é estúpido, é alentejano…

  5. Ana Rita Seabra diz:

    nem lento 🙂
    bjssss

  6. Rita, pior é quando se escreve “hug you” e o ipad escreve “Hugo you”…e o destinatário não tem esse nome.
    Ou pior pior é não ter ipad?

  7. Eugénia de Vasconcellos diz:

    Rita! Já comecei a distribuir Bejas no fim de sms e conversetas…

  8. Panurgo diz:

    E pensar que por vezes era acusado de malcriado somente por questionar se era maior a distância daqui a Beja, ou se de Beja aqui.

  9. Maria do Céu Brojo diz:

    Solidária me declaro. ‘The matter is so hush-hush’ que somente à Rita confesso padecer do mesmo.

  10. Grocha diz:

    Sabe o que isso significa : que o inventor do ipad era Alentejano 🙂 e só podia não é, afinal é aqui que há inteligentes 😛

  11. nanovp diz:

    A culpa é dos dedos…..

Os comentários estão fechados.