O sentido da vida

Ele tinha uma vida com sentido, mas
o sentido escapou-se.
Talvez tenha fugido,
ou esteja disfarçado

O sentido de sua vida era passar despercebido,
estar de branco
contra uma parede de cal,
ou de preto
numa noite de breu.

O certo é que nunca mais o viu.
E já não foi com esse sentido que ele viveu

Sobre Henrique Monteiro

Nunca fui um sedutor, embora amasse algumas mulheres hospitaleiras. Nunca fugi de um combate, mas sempre invejei quem, ao abrir as portas de um saloon, provoca pânico entre os bandidos. Tenho nas veias sangue jacobino, mas odeio revoluções e igualdades uniformizadoras. Sou pacato e desordeiro, anarquista institucional, maestro falhado, cantor romântico e piroso a quem falta tom. Sem nunca me levar a sério - no melhor sentido da palavra, acho que apenas sou um homem bom (e barato).
Esta entrada foi publicada em Post livre. ligação permanente.

10 respostas a O sentido da vida

  1. Rita V diz:

    ‘The invisible cape was made up of crystals with air spaces in between that resembled piles of wood and bend light to hide the gold beneath.’

    For further information, please contact: DFG-Centrum für Funktionelle Nanostrukturen (CFN)
    😀

  2. Maria do Céu Brojo diz:

    Infelizmente, o sentido da vida de muitos é “estar de branco contra uma parede de cal, ou de preto numa noite de breu”.

  3. António Barreto* diz:

    Tem de haver um? Que é do anti-herói?

  4. António Barreto* diz:

    O sentido da vida!

  5. Gosto de teu branco de cal e do teu preto de breu. Sei lá porquê fizeram-me pensar no admirável (eu gostava mesmo dele) João César Monteiro.
    E agora vou dizer uma barbaridade: nunca gramei os Monthy Python. Uma nulidade cinematográfica na óptica da minha monumental embirração.

    • Henrique Monteiro diz:

      Ooops, retiro a proposta de casamento. Não gramar os Monthy Python é grave. É pior do que não ser a favor da paz no mundo, acho eu

  6. nanovp diz:

    Pode ser um pouco esquizofrénico mas fez-me lembrar a frase de “Manhattan” : ” I finally got my first orgasm, but my doctor told me it was the wrong kind”…depende do sentido….

Os comentários estão fechados.