Um bug. Como dizem os meus rapazes.

Ora porra. Estava muito bem a ler isto e esta coisa pespegou-se aqui. Detesto informática.

6a00d83425578653ef0120a5e9b104970b-800wi

Sobre Pedro Norton

Já vos confessei em tempos que tive a mais feliz de todas as infâncias. E se me disserem que isso não tem nada a ver com tristeza eu digo-vos que estão muito, mas muito, enganados. Sou forrado a nostalgia. Com umas camadas de mau feitio e uma queda para a neurose, concedo. Gosto de mortos, de saudades, de músicas que nunca foram gravadas, de livros desaparecidos e de filmes que poderiam ter sido. E de um bom silêncio de pai para filho. Não me chamem é simpático. Afino.
Esta entrada foi publicada em Post livre. ligação permanente.

7 respostas a Um bug. Como dizem os meus rapazes.

  1. Ivone Costa diz:

    🙂

  2. Nuno Rodrigues da Costa diz:

    bugs lembram-me sempre bunny… que agora até faz sentido!
    O ‘informático’

  3. Cabeças perversas, está uma pessoa descansadinha a falar de, vá, costumes…

    Ps: Nuno, nosso querido “informático”, a dar argumentos ao inimigo, sabendo que ele é bem capaz de plasmar em pleno blog familiar o raio x das bunny orelhinhas e do pompom no rabinho?! E não, não estou a falar da anatomia do Tambor amigo do Bambi!

  4. monica diz:

    hmmm será alguém a pedir qlhe desaperte o espartilho, é o senhor das meias brancas ou da camisa enfiada nas cuecas?

  5. Maria do Céu Brojo diz:

    Não devia expor corpete assim. Mulher inocente fica com ‘ideiazinhas’. Boas, muito boas.

  6. nanovp diz:

    A sugestão é mais forte que a descrição.

Os comentários estão fechados.