Os meus retratos de 2013

Estava lá em cima o “Escrever” a duas mãos de Rosa Carvalho. Este:

13.Rosa Caravalho

Voltou o o meu retrato oficial, o que a minha Rita Vasconcellos me fez. E não me posso queixar de 2013. Nenhuma crise. Antes, foi este belíssimo banner, concebido pelo Manuel Aires Mateus:12.Manuel Aires Mateus

E primeiro, ainda a fechar 2012 e já a começar 2013, o Pedro Cabrita Reis pintou-me assim:

11.Pedro Cabrita Reis

Não sei me morrerei jovem, mas há deuses que me amam.

Sobre Escrever é Triste

O nome, tiraram-mo de Drummond. Acompanho com um improvável bando de Tristes. Conheço-os bem e a eles me confio. Se me disserem, “feche os olhos”, fecharei os olhos. Se me disserem, “despe-te”, dispo-me.

Esta entrada foi publicada em Post livre. ligação permanente.

3 respostas a Os meus retratos de 2013

  1. nanovp diz:

    Uma colecção que já podia ser museu….

  2. Bernardo, é que estamos aqui, estamos com o comendador à porta…

Os comentários estão fechados.