Pois é

 inspirar…expirar

é entre um ritmo e outro
que as coisas acontecem

 inspirar…expirar

 

Sobre Rita Roquette de Vasconcellos

Apertava com molas da roupa, papel grosso ao quadro da bicicleta encarnada. Ouvia-se troc-troc-troc e imaginava-me a guiar uma mobylette a pedais enquanto as molas a passar nos aros não saltassem. Era feliz a subir às árvores, a brincar aos índios e cowboys e a ler os 5 e os 7 da Enid Blyton. Cresci a preferir desenhar a construir palavras porque... escrever é triste.
Esta entrada foi publicada em Post livre com as tags . ligação permanente.

12 respostas a Pois é

  1. olinda diz:

    é interessante isso que dizes: o conceito simples de respirar com o tal intervalo que é viver além de respirar. muito interessante.

  2. nanovp diz:

    No intervalo está a virtude…

  3. Rita, não sei, não sei. Há 2 anos – que eu saiba -que não respiro.

  4. Ana Rita Seabra diz:

    entre o intervalo inspira expira – suspiro 🙂

  5. Maria do Céu Brojo diz:

    “É obra!” (diz-se na minha Beira). Escreve uma dúzia de palavras e fico embasbacada. Que coisa, heim?!…

Os comentários estão fechados.