é Triste luxury SPA

Apetecia-lhe um spazinho? Também a mim. Olhe, enfiava-me no Banyan Tree das Seychelles e até deixava que me enrolassem em folhas de bananeira… Mas, ó, não pode ser. Não há-de ser por isso que uma pessoa deixa de se governar. Celulite? Cabra, lixe-se! Sim, a cabra da celulite vai ser docemente lixada. Para se motivar, faça um plano de acção de 2 vezes por semana, vá, 3. Compre um saco de um quilo de café, moagem fina – marca branca, claro. Um quilo de açúcar para começo de conversa. Azeite virgem. Faça uma pasta que deve ficar castanha: 1 chávena de café, 1/4 de chávena de açúcar, azeite suficiente para ligar. Há quem use a mesmíssima mistura com sal marinho em vez de açúcar, e quem vá alternando o uso do sal e do açúcar.

Leve a mistura para o duche numa tacinha. Sobre a pele húmida faça uma massagem em movimentos circulares. Onde? De alto a baixo, então. Além de destruir celulite, isto esfolia sem massacrar e hidrata. Deixe actuar durante 5 minutos. Passa num instantinho,  é o tempo de fazer uma máscara hidratante no cabelo.


Fica-se a cheirar a bolo de bolacha – sabe, logo ao início, quando se passam as bolachinhas no café? Mas vale a pena. Depois conte se gostou.

Sobre Eugénia de Vasconcellos

Escrever também é esta dor amantíssima: os lábios encostados à boca do silêncio, auscultando, e nada, esperando dele a luz que beije. É assim, pelas palavras se morre, pelas palavras se vive.

Esta entrada foi publicada em Post livre com as tags . ligação permanente.

11 respostas a é Triste luxury SPA

  1. Ivone Mendes da Silva diz:

    Ah, por isso é que a menina tem o cabelo assim bonito. Vou experimentar. Celulite duvido que tenha para já ter testado, mas pronto aqui vou eu pronta já a caminho de me fazer bolacha embebida em café. Madalena no chá já eu sei como é …

    • Eu barro-me toda nessa mistura açucarada! E bebo a ordinária da água da beringela com suminho de limão… Funciona. Só o raio dos homens é que não têm celulite.

      (A máscara do cabelo não tem que saber: no cabelo acabado de lavar, escorrido, passar amaciador do meio até às pontas. Enrolar como se fosse um turbante uma toalha passada por água quentíssima, torcida, claro. Usar 10 minutos. Passar o cabelo por água e por uma diluição de vinagre, de framboesa, por exemplo, para cheirar bem.)

  2. Rita V diz:

    mas que belo post, é mesmo o que me está a apetecer…ficar a cheirar a bolo de bolacha!
    …e mais não digo!
    ah! por acaso temos um Banyan Tree mesmo aqui à porta.
    😀

  3. Este é um daqueles posts em que, o Henrique e o Pedro B a revezarem-se ao piano, a rapaziada do Escrever fica na sala, a beber, a fumar, à espera, à espera…

  4. Mário diz:

    Existe um bolo de café com tulicreme de avelã e framboesas por cima, ainda sem nome. Sugiro “Bolo Eugénia”, ou “Gâteau Eugéniá” (o detalhe está no acento do A).

    Quanto aos cuidados com a estética, apesar do ar negligente da comunidade masculina – vou dizer colegas, não gosto mas dá um ar corporativo, que aqui vem a propósito, claro que todos os homens gostam de mulheres cuidadas. Já agora, acrescento também as mãos e pés arranjados. Muito importante.

  5. Olinda diz:

    que rica receita, Eugénia, que só pelo tempo e dedicação à pele já vale a bolacha.:-)

Os comentários estão fechados.