Tornar tudo mais simples

Há seguramente um modo de tornar tudo mais simples. Deve haver, tem de haver. Porque as coisas são simples por natureza, simples, cristalinas e evidentes, no sentido em que tudo aquilo que se vê é, em si mesmo, evidente*. Por que razão as coisas não são mais simples? Não sei! Sou demasiado simples para entender por que motivo as coisas não são mais simples. Talvez por isso entenda que tudo tem de ser mais simples.

*evidente 
(latim evidens, -entis)
adj. 2 g.
1. Que todos vêem e podem verificar. = VISÍVEL
2. Que se compreende desde logo. 

(dicionário Priberam)

Sobre Henrique Monteiro

Nunca fui um sedutor, embora amasse algumas mulheres hospitaleiras. Nunca fugi de um combate, mas sempre invejei quem, ao abrir as portas de um saloon, provoca pânico entre os bandidos. Tenho nas veias sangue jacobino, mas odeio revoluções e igualdades uniformizadoras. Sou pacato e desordeiro, anarquista institucional, maestro falhado, cantor romântico e piroso a quem falta tom. Sem nunca me levar a sério - no melhor sentido da palavra, acho que apenas sou um homem bom (e barato).
Esta entrada foi publicada em Escrita automática. ligação permanente.

7 respostas a Tornar tudo mais simples

  1. As (diferentes) evidências de cada um é que tornam a coisa mais complexa, melhor dizendo: complicada.

  2. Simplificar. Tornar simples o que é complexo. Difícil. Tornar simples aquilo que é simples e que complicamos. Simplificamos para ser mais leve, para sermos mais felizes. Talvez começar por desvalorizar tudo aquilo que, embora efetivamente verdadeiro, pouco ou nada interessa. Este é o primeiro ato do verbo simplificar; tornar simples.

  3. Simples é o mundo ser como é. Assim, tão simples que chega a ser complicado.

  4. Joana Paulo Pardal diz:

    “Everything should be made as simple as possible, but no simpler.”

  5. Olinda diz:

    mas dizem que os homens são simples e nós é que somos complicadas. agora fiquei confusa.:-)

  6. Pedro Bidarra diz:

    A complicação que para aqui vai

  7. Maria do Céu Brojo diz:

    Breve: apoiado!

Os comentários estão fechados.