Por um Presidente de todas as Nossas Senhoras

Eu, Henrique, nascido por Lisboa mas cidadão das Terras do Demo (por laços de sangue e de vinho), devoto da Nossa Senhora da Lapa desde que me conheço, venho por este meio protestar com veemência pelo facto de o senhor Presidente Aníbal António Cavaco Silva ter discriminado positivamente a Nossa Senhora de Fátima em detrimento da Nossa Senhora da Lapa, junto à nascente do Vouga (isto lido com pronúncia de Viseu fica melhor, porque é zunto à nacente do Bouga).

Fátima

A privilegiada de Fátima

 

Não sabendo se a Nossa Senhora é só uma, ou mais do que uma, ou ainda a mesma com várias vestes, entre elas a de Fátima e a da Lapa, apenas posso recordar que, se o senhor Presidente entende que a de Fátima é boa para avaliações da troika, nenhuma leva a palma à da Lapa para doenças, ameaças de crocodilo, caimão e lagartos vários (salvo os, como eu, que são sócios do Sporting), além de saudades motivadas pela emigração.

Lapa-1-Nossa_Senhora

A renegada da Lapa

 

Assim, não admitindo que haja Nossas Senhoras que são filhas e outras que são enteadas, venho exigir a igualdade que o Tribunal Constitucional consagra, tanto mais que olhando para as respetivas figuras não restam dúvidas de qual das duas é a mais desfavorecida.

Venerador, atento e obrigado, sou de Vexas humilde criado

(assinatura a rogo)

Sobre Henrique Monteiro

Nunca fui um sedutor, embora amasse algumas mulheres hospitaleiras. Nunca fugi de um combate, mas sempre invejei quem, ao abrir as portas de um saloon, provoca pânico entre os bandidos. Tenho nas veias sangue jacobino, mas odeio revoluções e igualdades uniformizadoras. Sou pacato e desordeiro, anarquista institucional, maestro falhado, cantor romântico e piroso a quem falta tom. Sem nunca me levar a sério - no melhor sentido da palavra, acho que apenas sou um homem bom (e barato).
Esta entrada foi publicada em Post livre. ligação permanente.

14 respostas a Por um Presidente de todas as Nossas Senhoras

  1. Alto aí! Como ousa exigir igualdade a tão nobre criatura invocando para o efeito os alegados legítimos direitos dos devotos da NS da Lapa? Eu, António Barreto, neto de Catulo, sobrinho de Tó e Zé Cabeço, na minha qualidade de ex-marujo buarqueiro, exijo igualdade para as minhas devotas; NSª dos Remédios, NSª da Boa Viagem, NSª da Conceição, NSª dos Navegantes e NSª da Encarnação. Fónix! Que é isso atão? Tchapou-se!

  2. João Castilho diz:

    Nossa Senhora há só uma. Nomes tem vários. Mas isso pouco interessa para aqui.
    Presidente da República há vários. Povo há só um. Isso é que interessa para aqui.

  3. Pedro Norton diz:

    Caro Petit Larousse, deixe lá isso da igualdade e não dê ideias porque eu já rumei muitas vezes à Lapa e não tenciono pôr os pés em Fátima. Muito menos depois do que aconteceu ontem.

  4. Assim desgraçamo-nos: então e a minha devoçãozinha particular e maior do que as outras à Nossa Senhora da Conceição de Vila Viçosa?

    E mais, caro Henrique, para quem é que um presidente, assim uma espécie de delícia do mar de um rei, deverá apelar se não for para Padroeira de Portugal?

    • Henrique Monteiro diz:

      A delicia do mar é deliciosa, mas acima da Nª Sra. da Lapa só Deus. Ou nem Ele, porque Ela é a mãe dele. Eu sei que é confuso, mas é assim…

  5. Rosa Maria Silva Dias diz:

    Lindo!… adorei tudo o que aqui foi escrito.
    Obrigado por gostarem da Nossa Sra da minha Aldeia(Lapa)
    Nossa Sra da Lapa

  6. adelia riès diz:

    Balha-me Noxa Xenhora que a pilinha do Menino Zazus é Benta.

  7. joe best diz:

    delicioso! até parece que fui eu que fiz na bimby! grande abraço, oh artista!

  8. António Carvalho diz:

    Tem graça que nós aqui na Falagueira-Amadora também temos a Nossa Senhora da Lapa! e vão duas…

  9. João Inês Vaz diz:

    Para o Presidente eu recomendo a Senhora do Bom Juízo que se venera em Adorigo, concelho de Tabuaço. Para mim, prefiro Nossa Senhora do Vencimento ali para os lados de S. João da Pesqueira, porque a Senhora de Conduzende também fica em Adorigo. Não são inventadas, ó Henrique, são mesmo reais.

  10. Não quero chatear ninguém, e muito menos a ti, estimado Henrique, mas Nossa Senhora foi há algum tempo para Angola, A única, genuína, é a da Muxima.

Os comentários estão fechados.