Marchas turcas

Tinha uma certa ideia do que era um rondó alla turca. Mas se calhar estou enganado.

Sobre Manuel S. Fonseca

O meu maior medo é que a morte seja tudo às escuras sem se poder ler. Pouco interessa deixar de ser humano, desde que não deixe de ser leitor. Ler é do mais feliz que tenho. Até porque escrever é triste.
Esta entrada foi publicada em Post livre. ligação permanente.

2 respostas a Marchas turcas

  1. Maria do Céu Brojo diz:

    Deixou-me num embaraço: não faço a menor ideia do que seja o tal rondó. Vou lá acima ouvir.

  2. nanovp diz:

    Mas com Mozart não é tudo diferente? É só música…

Os comentários estão fechados.