Amor e outras maiúsculas

AMOR E OUTRAS MAIÚSCULAS
Toda a vida pensei
amor é com A maiúsculo
Não sou muito diferente de Catulo
amei odiei e sofri disso
Depois aprendi
amor não é com maiúscula
nós é que somos quando
nos amam ou nos Amam
Então amei odiei e sofri disso
Um dia recordei a palavra de um homem sábio e cego
não somos o que dizem que somos
nem somos quem julgamos ser
Escolho Amar
Se odiar e sofrer também está bem

Sobre Eugénia de Vasconcellos

Escrever também é esta dor amantíssima: os lábios encostados à boca do silêncio, auscultando, e nada, esperando dele a luz que beije. É assim, pelas palavras se morre, pelas palavras se vive.
Esta entrada foi publicada em Post livre. ligação permanente.

10 respostas a Amor e outras maiúsculas

  1. Manuel S. Fonseca diz:

    É uma escolha homérica ou de como um soneto também pode ser épico

  2. maria diz:

    “Amou,perdeu-se e morreu amando”

  3. Olinda diz:

    Amar, sim.

    (mas agora trocaste-me as voltas: odeio começar as frases com maiúsculas) 🙂

  4. nanovp diz:

    Maiúsculas são as letras, grande é quem sabe AMAR, e ser AMADO incondicionalmente.

Os comentários estão fechados.