Fuga em frente

Uma pequena fuga pode ser tão boa como uma grande fuga, não pode?

Sobre Manuel S. Fonseca

O meu maior medo é que a morte seja tudo às escuras sem se poder ler. Pouco interessa deixar de ser humano, desde que não deixe de ser leitor. Ler é do mais feliz que tenho. Até porque escrever é triste.

Esta entrada foi publicada em Post livre. ligação permanente.

7 respostas a Fuga em frente

  1. riVta diz:

    depende
    se é para trás ou para a frente…
    😀

  2. Olinda diz:

    sim, há fugas de 3:39 m – que nem sequer são fugazes – deliciosas. 🙂

  3. nanovp diz:

    Desde que seja sempre uma Fuga…prá frente….

  4. Pode. Agora venha uma grandíssima, olhe, aquela do tio Beethoven, a lailailai….

Os comentários estão fechados.