Arquivos Mensais: Novembro 2013

Só lhe falta ter piratas

Levem os rapazes ao cinema. Borrifem-se para as classificações etárias e levem as criancinhas a ver “Mud”, de Jeff Nichols, que em português se chamou “Fuga”. Quem me topa é a minha filha. Já sabe o que a casa gasta … Continuar a ler

Publicado em Post livre | 7 Comentários

Os jornais já não são o que eram

  Os jornais já não são o que eram. Por exemplo, a 20 de Março de 1907. Já ninguém sabe o que aconteceu ou o que terá sido notícia a 20 de Março de 1907. E mesmo que nos lembremos, … Continuar a ler

Publicado em Post livre | 6 Comentários

Recordar

Actriz desde os 4 anos, financeiramente independente a partir dos 14, activista política aos 16, a canadiana Sarah Polley construiu uma carreira à margem de Hollywood (recusou, por exemplo, o papel de protagonista em “Quase Famosos” de Cameron Crowe) servindo … Continuar a ler

Publicado em Post livre | 4 Comentários

O Presente que Atrofia o Futuro

Estragamos o futuro com as angústias do presente.

Publicado em Escrita automática | 10 Comentários

Coisas bem distribuídas

Se o bom senso é a coisa mais bem distribuída do mundo,  a genética é a mais engraçada. Chegou-me este elevadíssimo pensamento ao olhar para o retrato de Maria Luísa de Parma, rainha de Espanha pelo casamento com Carlos IV, … Continuar a ler

Publicado em Post livre | Tags | 3 Comentários

Os Homens Também Choram

Os homens afinal choram. E fazem-nos chorar também. É olhar Robert de Niro, filmado por Martin Scorsese, a encarnar o papel de Jake LaMotta, campeão de pesos médios na América dos anos cinquenta. Há um desespero que leva ao bater da … Continuar a ler

Publicado em Post livre | 9 Comentários

O último fósforo

Nunca hei-de saber. Quem e quando pegou fogo ao 2 Cavalos branco sujo que, contaram-me agora as minhas alunas da altura, já tinha buracos no piso que deixavam ver a estrada e passar o cheiro da terra?! Sei que os sul-africanos … Continuar a ler

Publicado em Post livre | 12 Comentários

O sentido da vida

Três já o conhecem. A mais nova ainda não. Veja-se a curiosidade com que olha o mundo nos olhos. Depois vem a tristeza de o entender, a resignação com que nele se vive, a dignidade com que se enfrenta a … Continuar a ler

Publicado em Post livre | 15 Comentários

O mestre da desilusão

Lembro-me perfeitamente do dia em que me apresentaram Emil Cioran. Foi numa daquelas tardes quentes e abafadas de Agosto, no distante ano de 2006. Era domingo (e também feriado, um duplo domingo, portanto) e estava na Fnac do Colombo, onde … Continuar a ler

Publicado em Está Escrito | 7 Comentários

John Carradine era um príncipe

“Um cavalheiro nunca fuma na presença de uma senhora.” Dizia isto com voz de barítono, vestido de um negro só aliviado pela brancura do chapéu largo e pela nesga da camisa que aparecia por baixo do casaco e da capa. … Continuar a ler

Publicado em Post livre | 6 Comentários

Fechemos os olhos e pensemos em música

Fechem os olhos e pensem nas vossas músicas preferidas. Tanto faz o estilo. A música é a única forma de expressão que nos acompanha em todos os momentos da vida. Na tristeza e na alegria, na doenças, na saúde, na … Continuar a ler

Publicado em Escrita automática | 8 Comentários

Sem a Binoche na Tela

Sala de cinema. Um homem e uma mulher ocupam cadeiras contíguas. O filme contraria o tempo – francês, como a trilogia “Bleu, Blanc, Rouge” de Kieslowski. Não tem a Binoche a adoçar a tela no “Bleu” ou no “Chocolat”. O … Continuar a ler

Publicado em Post livre | 6 Comentários

Todos o queriam, todos o proibiram

Muitas das coisas de que o nazi Joseph Goebbels gostava são coisas de que todos gostamos. Uma delas é o filme “M”, que outro alemão, Fritz Lang, realizou em 1931. A sensibilidade de Goebbels derreteu-se ao vê-lo no cinema. Num … Continuar a ler

Publicado em Post livre | 13 Comentários

iPad

Publicado em Post livre | Tags | 11 Comentários

O Muro de Palavras

“A preocupação latente nesta exposição prende-se com a ambiguidade e com os paradoxos inerentes ao exercício da hospitalidade, com os postulados que definem e condicionam os usos da arquitetura. Os conteúdos e situações geradas pelos trabalhos ali presentes destabilizam as … Continuar a ler

Publicado em Post livre | 25 Comentários