Zadie

ZadieA escritora britânica de origem jamaicana Zadie Smith, que é bonita comó caraças, escreveu um texto brilhante sobre vida e arte aqui

Enjoy.

Sobre Pedro Marta Santos

Queria mesmo era ser o Rui Costa. Ou sonâmbulo profissional. Se não escrever, desapareço – é o que me paga as contas desde 1991 (são 20 anos de carreira, o disco está a sair). Há momentos em que gosto mais de filmes do que de pessoas, o que seria trágico se não fosse cómico – mas passa-me depressa. Também gosto dos olhos da Anna Calvi. E das bifanas do Vítor. Aprecio um brinde: “À confusão dos nossos inimigos”. Não tenho nenhuns, só uma ternura infinita pelo azul das árvores e o amarelo do mar. E peço: digam-me mentiras.

Esta entrada foi publicada em Post livre. ligação permanente.

8 respostas a Zadie

  1. olinda de freitas diz:

    o link não dá para abrir. 🙁

  2. Luis Lopes diz:

    É triste o Link não abrir e a Zadie é calmamente muito Bonita.

  3. adelia riès diz:

    “La page ne peut pas s’afficher”, é o que escreve o computador.

  4. Pedro Marta Santos diz:

    Sorry. Vejam lá agora, por favor.

  5. adelia riès diz:

    Nada. Nadissima. Pena.

  6. No meu está a funcionar em pleno. Se não conseguirem, copiem p.f. http://www.nybooks.com/articles/archives/2013/dec/05/zadie-smith-man-vs-corpse/?pagination=false e chegarão ao maná.

  7. Maria do Céu Brojo diz:

    Nada, também.

  8. nanovp diz:

    Consegui abrir e deu para entender que é uma escrita que nos empurra para o interior…por enquanto safei-me, mas vou continuar a ler….não conhecia.

Os comentários estão fechados.