A Cápsula de Einstein

A CÁPSULA DE EINSTEIN

Neste exacto momento ou noutro qualquer
estás envolto em tempo estás do lado de dentro
da cápsula feliz do meu pensamento – é o riso

É agora mesmo Tendo sido noutra data é agora
e o futuro também está num lugar que já passou

Sobre Eugénia de Vasconcellos

Escrever também é esta dor amantíssima: os lábios encostados à boca do silêncio, auscultando, e nada, esperando dele a luz que beije. É assim, pelas palavras se morre, pelas palavras se vive.

Esta entrada foi publicada em Post livre com as tags . ligação permanente.

9 respostas a A Cápsula de Einstein

  1. olinda de freitas diz:

    🙂 uma cápsula risonha cheiinha de elã.

  2. riVta diz:

    e se o futuro é antigo?

  3. nanovp diz:

    Tudo é isso, e o contrário também…

  4. Manuel S. Fonseca diz:

    É o agora mesmo que faz de uma data, uma data Feliz.

  5. Maria do Céu Brojo diz:

    O manto do tempo que nos envolve mesmo se conjugado na primeira pessoa o presente de estar. Será que estou e sou dizem o mesmo?

Os comentários estão fechados.