Postais do tecto do Mundo VI

Butão XVI

Butão XVI

Butão XVII

Butão XVII

 

Butão XVIII

Butão XVIII

 

Sobre Pedro Norton

Já vos confessei em tempos que tive a mais feliz de todas as infâncias. E se me disserem que isso não tem nada a ver com tristeza eu digo-vos que estão muito, mas muito, enganados. Sou forrado a nostalgia. Com umas camadas de mau feitio e uma queda para a neurose, concedo. Gosto de mortos, de saudades, de músicas que nunca foram gravadas, de livros desaparecidos e de filmes que poderiam ter sido. E de um bom silêncio de pai para filho. Não me chamem é simpático. Afino.
Esta entrada foi publicada em Post livre. ligação permanente.

6 respostas a Postais do tecto do Mundo VI

  1. Mario diz:

    Ja lhe pedi uma vez Pedro, se sao postais gostava de os virar e ler o que diz deles 🙂

    • Pedro Norton diz:

      tem razão, mario. acho que vou fazer um post sobre o butão para compensar.

      • Mario diz:

        Tenho um amigo meu que ficou tao impressionado com o tsunami que se despediu de uma multinacional e foi para o sri lanka integrado numa ONG. Terminada a comissao de um ano voltou a casa, mas foi pelo caminho mais longo. Rasgou a India de Sul a Norte e foi para o Butao. Pelo meio ia enviando emails alucinantes e fotos dignas de capa da NG. Foi uma viagem ao centro dele mesmo. Aguardo o post com expectativa.

  2. Há ali em cima um azul que tomara o Guilherme Tell.

  3. Pedro Norton diz:

    ou o cupido.

  4. nanovp diz:

    A mim lembrou-me o Yves Klein….pode-se fazer uma carreira só com um azul…

Os comentários estão fechados.