Talvez não saibas o que é o amor

AMOR & OUTRAS INUTILIDADES Lda
i
UMA COISA PEQUENINA
O amor é uma coisa
pequenina
cabe entre a tua mão
e a minha
quando elas se dão
É este desejo maior de dar a mão
os dedos teus e meus
sede e água juntos
para o mundo repousar
no equilíbrio do seu eixo

Sobre Eugénia de Vasconcellos

Escrever também é esta dor amantíssima: os lábios encostados à boca do silêncio, auscultando, e nada, esperando dele a luz que beije. É assim, pelas palavras se morre, pelas palavras se vive.
Esta entrada foi publicada em Post livre com as tags . ligação permanente.

11 respostas a Talvez não saibas o que é o amor

  1. riVta diz:

    coisa tão b’nita
    e o título é muito bom

  2. nanovp diz:

    Nunca sabemos, nem com as mãos dadas….

  3. Paula Santos diz:

    O amor cabe sempre em todo o lado.
    Todo o lado é que nem sempre está pronto para ele. 🙂

    Muito bonito, Eugénia.

  4. Mario diz:

    Andar de mao dada na rua incomoda-me, agora que penso nisso. Muito pior do que andar agarrado, abracado. E um teste. Nao se deve andar de mao dada com quem nao se ama, nota-se.

  5. O amor é pequenino. É semente, sementinha. Cresce, agrícola, no poema.

  6. llopes49 diz:

    Terra fértil é o Amor ,os Poemas são disso ou não.

Os comentários estão fechados.