O mundo metia-se dentro da mudança como o pé num sapato

ali

O mundo mudava. Aliás, nem sei se havia mundo. Talvez só houvesse mudança. Para sobreviver, o mundo metia-se dentro da mudança como um pé se mete dentro de um sapato.

Havia putos americanos a enterrar o couro nos arrozais do Vietnam, a barba rala de Che Guevara enfeitava os ecrãs da CBS, num célebre “Face the Nation”, depois de ter ido gritar às Nações Unidas o lema de Fidel, “Patria o Muerte”.

Os ingleses cantavam em inglês e era o inglês deles que se ia cantar no mundo, a começar pelos Estados Unidos. No dia 1 de Janeiro de 1964, fez agora meio-século, a BBC inventou o Top of the Pops. O primeiro programa, era quinta-feira à noite, abriu com os Rolling Stones, a esgalharem o “I Wanna Be Your Man” e fechou, menos de 30 minutos depois, com os Beatles e o seu “I Want to Hold Your Hand”. Na plateia, umas miúdas adolescentes gritavam e choravam num histerismo inocente. Hoje são avós, com alguma sorte bisavós.

Um mês depois, os Beatles iam repetir tudo em Nova Iorque, com quatro mil miúdos e miúdas de boca escancarada e o baixo-ventre aos saltos. Em Junho, vieram os Rolling Stones. A globalização linguística começou aqui. Nunca mais ninguém se lembrou de ir, de um país a outro, cantar em francês ou italiano.

Sobre Manuel S. Fonseca

O meu maior medo é que a morte seja tudo às escuras sem se poder ler. Pouco interessa deixar de ser humano, desde que não deixe de ser leitor. Ler é do mais feliz que tenho. Até porque escrever é triste.
Esta entrada foi publicada em Post livre. ligação permanente.

8 respostas a O mundo metia-se dentro da mudança como o pé num sapato

  1. António Barreto* diz:

    O que, quanto a mim, constituiu uma tragédia cultural.

    Boa noite, Manuel.

  2. Paulo David Pereira diz:

    Ora, ora, porque se deixou de falar francês???

  3. Falsidades!, farto-me de fingir que sou a Francoise Hardy e a Gigliola Cinquetti.

    • Manuel S. Fonseca diz:

      Ah, sim? A ver se veio cá a Portugal cantar nessas línguas? Há quantos anos a Eugénia não põe cá os pés?

  4. nanovp diz:

    O POP foi deles, e ainda não o deixou de ser…mas o mundo continua a mudar…

  5. riVta diz:

    Tous les garçons et les filles de mon âge…

Os comentários estão fechados.