Cherry me

A tristeza é natural, desejar excluí-la da vida é uma aberração como outra qualquer, é natural e não retira a perfeição às cerejas. O resto é disposição e disciplina: dedicar aos pequenos prazeres diários a atenção do trabalho; ter no trabalho a alegria que só num prazer. E entre um dia e o outro, dormir ou ter insónias.

Sobre Eugénia de Vasconcellos

Escrever também é esta dor amantíssima: os lábios encostados à boca do silêncio, auscultando, e nada, esperando dele a luz que beije. É assim, pelas palavras se morre, pelas palavras se vive.
Esta entrada foi publicada em Post livre com as tags . ligação permanente.

4 respostas a Cherry me

  1. nanovp diz:

    Que horror seria um mundo sem a tristeza…seria um mundo sem o prazer, sem a algria e sem as cerejas…

  2. Maria do Céu Brojo diz:

    E eu que das cerejas tanto gosto – a conversa é como cerejas e pelas cavaqueiras sou perdida.

Os comentários estão fechados.