Súmula moral

Para o meu amigo José Pedro Castanheira, no dia em que a sua mãe partiu 

Toda a salvação que possamos ter está no amor.
É uma coisa simples, extraordinária, que
não requer conhecimentos especiais,
nem posses ou bens,
nem tão pouco inteligência.
Basta o amor.
O amor assim,
o contrário da palavra roma, que era interdita aos romanos.

O elo perdido, que não sabemos de que coisa é feita
o amor.
De que massa,
de que gene,
de que sinapse cerebral.

Tive momentos em que quase conheci
esse amor que nos leva a pegar num sem-abrigo e levá-lo connosco,
sentá-lo à mesa, dar-lhe de comer.

É desse amor que falo, não da paixão
(que no étimo significa sofrimento).
Amor é, na essência da palavra, um desejo vivo,
um desejo tornado realidade, uma ressurreição.

É o amor que nos salva, na vida e na morte.
É único, a súmula de todos os mandamentos morais.
A lei universal irrevogável.

O último homem morrerá por não ter quem o ame
E por não ter a quem amar.

 

Sobre Henrique Monteiro

Nunca fui um sedutor, embora amasse algumas mulheres hospitaleiras. Nunca fugi de um combate, mas sempre invejei quem, ao abrir as portas de um saloon, provoca pânico entre os bandidos. Tenho nas veias sangue jacobino, mas odeio revoluções e igualdades uniformizadoras. Sou pacato e desordeiro, anarquista institucional, maestro falhado, cantor romântico e piroso a quem falta tom. Sem nunca me levar a sério - no melhor sentido da palavra, acho que apenas sou um homem bom (e barato).
Esta entrada foi publicada em Post livre. ligação permanente.

8 respostas a Súmula moral

  1. joshua diz:

    Palavras sábias.

  2. António Barreto* diz:

    Amen!, caramba!

  3. J Taborda diz:

    ……-se !!! É isso !

  4. Fatima MP diz:

    É lindo, Henrique, parabéns! Muitos homens morrem já por não terem quem os ame. Não precisa ser o último …

  5. nanovp diz:

    Por isso também são tão extraordinárias as palavras de S. João: Deus é Amor. Tão simples, mas podemos passar uma vida a tentar entender o seu significado.

  6. jarra diz:

    (A propósito do perfil!)
    Um “homem bom (e barato)”. É pena que não seja bonito, porque seria perfeito … (isto sou eu a provocar! Pode ser que aparecem as tristes a desdizer-me …)

  7. Conceição costa diz:

    Pode ser triste, mas que faz bem à alma, lá isso faz…

  8. AAA diz:

    Quem já compreendeu isso, caro Henrique, já compreendeu tudo. Agora só temos de ir à fonte e beber!

Os comentários estão fechados.