Hoje

25Abril_2014

 

x

Sobre Rita Roquette de Vasconcellos

Apertava com molas da roupa, papel grosso ao quadro da bicicleta encarnada. Ouvia-se troc-troc-troc e imaginava-me a guiar uma mobylette a pedais enquanto as molas a passar nos aros não saltassem. Era feliz a subir às árvores, a brincar aos índios e cowboys e a ler os 5 e os 7 da Enid Blyton. Cresci a preferir desenhar a construir palavras porque... escrever é triste.
Esta entrada foi publicada em Post livre. ligação permanente.

14 respostas a Hoje

  1. Paula Santos diz:

    🙂 E que bom ainda nos apetecer sorrir ao cravo que nos trouxe a boa notícia!

    Um dia feliz

  2. adelia riès diz:

    Lindo. Obrigada 🙂

  3. Manuel S. Fonseca diz:

    Obrigado pelo lindo cravo. Um beijinho.

  4. António Luís diz:

    Continua a cheirar a liberdade, ainda que (infelizmente) “amputada”. Obrigado, Rita.

  5. nanovp diz:

    Simples mas eficaz ( o desenhos)….a revolução será sempre mais difícil…

Os comentários estão fechados.