Seja um homem, perdão, seja um lobo

E isto, meus filhos, é mais motivador do que dez sessões de coaching. Be a wolf – e não me refiro apenas ao literal ecolailailai. Mas ao amado, but you may contribute a verse, do grande lobo Whitman. Como agora já não se pode dizer seja um homem que nos cortam a língua, seja um lobo.

Aqui tem o artigo, de Março, no Guardian. E aqui o video. Enjoy.

Ps: não é o uivo que faz o lobo ainda que o lobo uive. Wolf up!

Sobre Eugénia de Vasconcellos

Escrever também é esta dor amantíssima: os lábios encostados à boca do silêncio, auscultando, e nada, esperando dele a luz que beije. É assim, pelas palavras se morre, pelas palavras se vive.

Esta entrada foi publicada em Post livre com as tags . ligação permanente.

4 respostas a Seja um homem, perdão, seja um lobo

  1. nanovp diz:

    A má reputação afinal também é maligna para os animais…coitado do lobo…

Os comentários estão fechados.