Em.ban.dei.rar

Estavam informados aqui e avisados aqui.
De uma forma ou de outra há sequências imperdíveis que vale a pena registar.

10372046_674717812563585_6515829074402092484_n

10 DE JUNHO DE 2014

Rasgados. Como só Camões, Pessoa, os Poetas. É ainda o Nevoeiro: “Nem rei nem lei, nem paz nem guerra, /Define com perfil e ser/ Este fulgor baço da terra/ Que é Portugal a entristecer” — em Portugal, 2014.

MJCabrita_1

HEIL

Sempre defendi a ideia de Europa. Não esta que debaixo dos nossos olhos se desfia. Se quisesse ser dramática, diria heil!, mas assim… conto como ouvi: até imigrava para a Eurodisney, mas enjoo nos carrosséis. — em Europa, 2014.

fotos de maria joão cabrita
legendas de eugénia de vasconcellos

Sobre Rita Roquette de Vasconcellos

Apertava com molas da roupa, papel grosso ao quadro da bicicleta encarnada. Ouvia-se troc-troc-troc e imaginava-me a guiar uma mobylette a pedais enquanto as molas a passar nos aros não saltassem. Era feliz a subir às árvores, a brincar aos índios e cowboys e a ler os 5 e os 7 da Enid Blyton. Cresci a preferir desenhar a construir palavras porque... escrever é triste.
Esta entrada foi publicada em Post livre. ligação permanente.

8 respostas a Em.ban.dei.rar

  1. É, portanto, o oposto de embandeirar em arco… Merci, menina.

  2. Maria do Céu Brojo diz:

    Lembrança que veio a propósito duma «ideiazinha» que tive.

  3. Portugal em 2015 (ou final de 2014, com a bandeira já remendada por bordadeiras várias):

  4. nanovp diz:

    Outra vez o vento Rita…será que leva essa (esta) Europa para longe? E alguém ficava com saudades???

Os comentários estão fechados.