Morreu Charlie Haden, mais me apetece ouvi-lo

charlie haden

Para ti, três palavras

Morreu Charlie Haden. Mais me apetece ouvi-lo. Dir-se-ão milhares de coisas certíssimas sobre ele, hoje. E dele só se dirá bem. Eu, que não sou da especialidade e até a ouvi-lo só ouço a metade equivalente ao meu inepto sentimentalismo, digo apenas que gosto muito, em Charlie Haden, da sua extraordinária abertura de ouvidos. Ouvia tudo para tocar tudo. O seu contrabaixo estava tanto mais preso ao jazz, quanto mais ao jazz trazia tangos e boleros, música clássica e Carlos Paredes. Era um sem fronteiras com uma elegância científica. Pelo menos hoje, não me venham cá com géneros. Ora ouçam e digam-lhe, no dia da sua morte, estas três palavras.

Sobre Manuel S. Fonseca

O meu maior medo é que a morte seja tudo às escuras sem se poder ler. Pouco interessa deixar de ser humano, desde que não deixe de ser leitor. Ler é do mais feliz que tenho. Até porque escrever é triste.
Esta entrada foi publicada em Post livre. ligação permanente.

6 respostas a Morreu Charlie Haden, mais me apetece ouvi-lo

  1. Y esas palabras son como me gustas… Sei os boleros de cor e salteado. O meu avô gostava e ensinou-me a dançar em cima dos pés dele. Mas esta versão é linda de morrer: farto-me de gostar deste homem.

  2. Maria do Céu Brojo diz:

    Ai que me levou tão longe nas emoções! Boas. Todas.

  3. vgrilo diz:

    Ouvi-o/vi-o em Cascais em tenra idade pelas mãos sábias de uns Tios muito cool. Boas malhas.
    Abraço.

  4. Muito bem lembrado, Manuel.
    Aqui vai uma música que ouvi no dia 10/07 : http://youtu.be/fXZR4zxMDeA
    beijos

  5. nanovp diz:

    O céu vai-se enchendo de estrelas, e de boa musica!!! Lembras npbem Manuel a capacidade de trabalhar com tantos e tão bons e dar-lhes tantos…one of my favorits ” First Song “, the “Montreal Tapes”, 1989, live ….Não encontro no YouTube….

Os comentários estão fechados.