Tiziano, Iggy & Friends

 

IMG_7780

Chuva. Outubro 2014.

Enquanto não regressa a chuva que me serve de desculpa para tanta coisa boa na vida, ando metido nisto às escondidas:

Titian, His Life. De Sheila Hale.  Uma viagem extraordinária pela vida e obra de um dos artistas maiores da Alta Renascença. Contra-indicação: pode provocar uma incontrolável vontade regressar a Veneza!

A Tale of two Cities. Dickens no seu melhor, um dos inícios de romance mais famosos da literatura, com um único contra. Na edição portuguesa da Relógio d’Água o título é irritantemente traduzido para História em duas cidades.

Entrevistas da Paris Review, Volume 2. Roth, T.S. Eliot, Ezra Pound e mais uns camaradas de igual gabarito.

Préliminaires de Iggy Pop. Desconcertante é dizer pouco. Sobre o álbum Iggy terá dito que “I just got sick of listening to idiot thugs with guitars“. A avaliar pelo resultado, ainda bem.

Sobre Pedro Norton

Já vos confessei em tempos que tive a mais feliz de todas as infâncias. E se me disserem que isso não tem nada a ver com tristeza eu digo-vos que estão muito, mas muito, enganados. Sou forrado a nostalgia. Com umas camadas de mau feitio e uma queda para a neurose, concedo. Gosto de mortos, de saudades, de músicas que nunca foram gravadas, de livros desaparecidos e de filmes que poderiam ter sido. E de um bom silêncio de pai para filho. Não me chamem é simpático. Afino.
Esta entrada foi publicada em Ando Nisto. ligação permanente.

3 respostas a Tiziano, Iggy & Friends

  1. Teresa Conceição diz:

    Isto é um apetite, Pedro.
    Fiquei particulamente curiosa das palavras de Roth e T.S.Eliot.
    Quanto a vontade de voltar a Veneza, não será preciso um empurrão das interpretações da pintura…mas também fiquei com apetite para espreitar o livro.

  2. Manuel S. Fonseca diz:

    Será que, depois desse Dickens, Vexa se atreve a escrever, sobre estes nossos dias, que: “It was the best of times, it was the worst of times, it was the age of wisdom, it was the age of foolishness, it was the epoch of belief, it was the epoch of incredulity, it was the season of Light, it was the season of Darkness, it was the spring of hope, it was the winter of despair…

  3. nanovp diz:

    Afinal a chuva também dá jeito….

Os comentários estão fechados.