A minha Bíblia

 

Cadernos 1 a 30

A Enciclopédia PrátiSérie Completaca da Construção Civil, passada de mão em mão fotocopiada à exaustão é um documento precioso. Urge reedição desta maravilhosa, fantástica e acima de tudo útil enciclopédia.

Dividida em séries de 5 ou 10 cadernos num total de 30 fascículos com texto e desenhos de F. Pereira da Costa é uma pérola para qualquer estudante, técnico ou leigo na matéria.

Das ‘Asnas de Madeira’ ao trabalho de carpintaria em escadas, tectos, pavimentos de madeira, portas, telhados passando pelos arcos e abóbadas, trabalhos de ferro, acabando nos ‘Diversos Trabalhos’ os ensinamentos são de grande valor e pormenor.

Procura-se editor!

Sobre Rita Roquette de Vasconcellos

Apertava com molas da roupa, papel grosso ao quadro da bicicleta encarnada. Ouvia-se troc-troc-troc e imaginava-me a guiar uma mobylette a pedais enquanto as molas a passar nos aros não saltassem. Era feliz a subir às árvores, a brincar aos índios e cowboys e a ler os 5 e os 7 da Enid Blyton. Cresci a preferir desenhar a construir palavras porque... escrever é triste.
Esta entrada foi publicada em Está Escrito. ligação permanente.

10 respostas a A minha Bíblia

  1. Para construir temos que destruir tudo (exceto os McDonald’s):

    https://www.youtube.com/watch?v=6QuCNQZASWE

  2. Soubesse eu de um editor capaz e dizia-lhe, Rita.

  3. Emília C.C.Passanha diz:

    Rita, se não tem direitos de autor e tem procura porque não te lanças tu numa edição facsimile? Aliás vejo que o original já era uma edição de autor… Tenho um amigo que faz estas edições com livros antigos e há muito esgotados, com trabalho, claro, mas com custos mínimos (imprime na medida da procura). Se precisares de ajuda diz. Beijinho

    • riVta diz:

      querida Emilinha que bem sugerido. A parte comercial não é muito a minha especialidade mas … respondo como respondi ao querido Manuel Fonseca – EDITôRRRRRRR, … nunca se sabe.
      ah ah ah

  4. EV diz:

    Já me ri da minha asnice… Sabe o que li? Asanas de madeira.

    • riVta diz:

      Não está muito longe da verdade. Afinal de contas ambas são estrutura para qualquer coisa. Não é assim? 😛

  5. nanovp diz:

    Um dos meus primeiros trabalhos num atelier foi desenhar uma “asna” de madeira, toda “certinha”…ainda guardei o desenho durante algum tempo…Belos cadernos Rita, trazem saudades…

Os comentários estão fechados.