Um genérico para Putin (ou David Cameron)

charge-of-the-light-brigade

E já que o mencionei, aqui fica o genérico de “A Carga da Brigada Ligeira”. Não só por ser o melhor do filme, mas também por nos lembrar, nestes tempos ucraniano-putinianos, a Guerra da Crimeia do século XIX, quando a Europa era o centro do Mundo e o velho Império Britânico o polícia do planeta.O filme é o retrato de um desastroso e patético episódio de guerra em que os ingleses deram com os burrinhos na água (e na lama), se assim se pode dizer.

Para lembrar a Cameron o que Putin não esquece.

Sobre Manuel S. Fonseca

O meu maior medo é que a morte seja tudo às escuras sem se poder ler. Pouco interessa deixar de ser humano, desde que não deixe de ser leitor. Ler é do mais feliz que tenho. Até porque escrever é triste.
Esta entrada foi publicada em Post livre. ligação permanente.

3 respostas a Um genérico para Putin (ou David Cameron)

  1. EV diz:

    Que belo genérico, é uma história!

  2. Pelo genérico,tenho que ver o filme.
    Não estou a gostar nada do que se está passar na Europa.Por mais livros, filmes,debates…esta gente ou é cega ou não quer ver.Nada há de pior que a guerra.

  3. Mario diz:

    E pensar que a Rússia teve origem no Principado de Kiev…nao deixa de ser ironico…

Os comentários estão fechados.