Arquivos Mensais: Julho 2015

Ménage à trois

A mulher americana começara a tomar a pílula havia quatro anos, faltavam outros quatro para que Maio de 68 pusesse De Gaulle com as calças a arder. Em 1964, Truffaut filmava “Jules e Jim”, história de um ménage à trois, … Continuar a ler

Publicado em Post livre | 4 Comentários

Uma carta esquecida

a maior baía natural da europa Sento-me aqui , com nuvens no céu e na alma, olhando os cedros grandes de folha verde que recortam manchas na paisagem parada no tempo. Nada se manteve, tudo se alterou, após anos de … Continuar a ler

Publicado em Post livre | 6 Comentários

Tens dono?

A varanda daquele prédio em frente tem quatro chaminés, cada uma delas com cinco saídas de fumo, e a caixa dos elevadores, mais um pequeno acesso para o exterior. Assim mesmo, sendo um espaço comum e atravancado, todos os dias … Continuar a ler

Publicado em Post livre | Tags | 12 Comentários

Pepsi ou Coca?

Tudo se equivale? Não me perguntem a mim, perguntem ao guevarista Norton ou às pernas da Joan Baez que a Eugénia canta. Só sei que aqui em cima estão dois estimáveis artigos de memorabilia: um vaso em cerâmica da velha … Continuar a ler

Publicado em Post livre | 6 Comentários

Eu sei onde ela mora

  Não posso vangloriar-me: não fiz nada para isso. Nem andava à procura. De facto, nunca pensei que o caminho pudesse estar sinalizado. Não pude deixar de me sentir desconcertada. Então põe-se assim uma seta destas no meio do nada? Da … Continuar a ler

Publicado em Post livre | 7 Comentários

Desaparecimento

Estava num estado lastimável. -Pareces um Lázaro a sair do túmulo… Era a bebida. E muito mais que a bebida. Era toda aquela vida que já não entendia. A garrafa de Gin  escondida na gaveta da roupa interior, sempre desarrumada. … Continuar a ler

Publicado em Ficção | 8 Comentários

O Banqueiro Anarquista

    Se ao banqueiro anarquista de Fernando Pessoa lhe desse agora para sair das páginas do livro e andar aqui a passear-se pela realidade, será que o reconhecíamos? Se víssemos esse banqueiro, bem vestido, a  sair da limusina, à … Continuar a ler

Publicado em Está Escrito | 6 Comentários

A uma jovem leitora

  Uma jovem leitora perguntou e eu respondo: o que nos empurra para a morte é a mudança, a mudança que já não precisa de nós. O passado, todo esse mundo mara­vi­lhoso em que vive­mos e apren­de­mos, dei­xou de inte­res­sar … Continuar a ler

Publicado em Post livre | 15 Comentários

De pé, famélicos da terra

À Rita Roquette de Vasconcellos Rita, julgava que se livrava? Julgava que eu não lhe viria pedir que cantasse comigo uma canção revolucionária, o mais revolucionário dos hinos? Rita, eu nunca fui comunista, dessa sopa do comunismo que foi servida … Continuar a ler

Publicado em Post livre | 12 Comentários

Stand up

STAND UP É Verão lá fora, cá dentro é só calor e o Cão tão velho a respirar por sibilos, o coração em esforço – o veterinário diz, é assim, está a fazer a medicação, é assim. Tenho o sono … Continuar a ler

Publicado em Post livre | Tags | 11 Comentários

Eis o Blog a arder de revolução

O Manuel, lá mais para baixo, desafiou-me a desenterrar Guevara. Estava posto em sossego noutro cemitério em que fomos coveiros. Resolvi republicá-lo aqui. De acordo com a sua certidão de nascimento, Ernesto Guevara de la Serna nasceu a 14 de Julho … Continuar a ler

Publicado em Post livre | 5 Comentários

Ouvindo o que o Mar dizia XII

Eis o mar vendedor de espelhos. Em seus planos de luz enredam-se as coisas do mar e do céu.  Jorge Carrera Andrade

Publicado em Post livre | 1 Comentário

Um novo tempo

Atravessaste a varanda, camisa fina, larga, os ombros queimados, uma infinitude de pernas, a sedução do corpo semi-escondido.  Os plátanos que cresciam logo ali ao lado, junto ao jardim plano, apareciam verdejantes, o saibro castanho no chão  marcado pela sombra … Continuar a ler

Publicado em Post livre | Deixe o seu comentário

A perna é melhor que o braço

Um segundo de honestidade pode ser a perdição de qualquer homem. Foi com este princípio filosófico e ético que Preston Sturges escreveu e realizou “The Great McGinty”. Preston Sturges tinha uma das mentes mais perversas e subversivas que a clássica … Continuar a ler

Publicado em Post livre | 4 Comentários

Disseram-me que davam bolos na página 53…

   

Publicado em Post livre | 3 Comentários