Arquivos Mensais: Agosto 2015

Será?

A internet é um espelho mágico onde vemos apenas o que reflectimos.

Publicado em Escrita automática | 7 Comentários

    Se bem sei era professora primária a mãe de Pasolini. Susanna Colussi Pasolini foi amadíssima pelo filho que lhe escreveu uma sofrida e torturada “Súplica à minha mãe”, texto incluído no seu “Poesia in forma di rosa”. Susanna … Continuar a ler

Publicado em Está Escrito | Deixe o seu comentário

Dismaland de Banksy

(Logo retirado de http://www.dismaland.co.uk/) “Controvérsia, humor e um manguito a quem não gostar! “ Não percam o evento dia 25!

Publicado em Post livre | 2 Comentários

Carta a Marlon Brando

O escritor Jack Kerouac tinha uma cara suficientemente boa para cinema. Bem podia ter sido o que Montgomery Clift sofridamente foi em “From Here to Eternity”. E, não tivesse já morrido, até podia ser a cara de um dos recrutas … Continuar a ler

Publicado em Post livre | 2 Comentários

Salvem-me!

A minha avó, criatura de pensamento progressista, era do mais conservador que pode haver. Conservadora no sentido clássico: manter tudo quanto funciona em funcionamento sem ceder a modas que não se provem necessárias. Ora, isto era a razão de um … Continuar a ler

Publicado em Post livre | 14 Comentários

Pontes

Nunca é tarde para desenhar pontes que apagamos.   para uma amiga

Publicado em Escrita automática | 2 Comentários

E depois crescemos

Não venham cá com coisas, há uma doçura da mulher francesa. Mais qu’est-ce qu’elles sont gentilles. Ou podem ser. Françoise era gentil, cantava doucement, toda vestidinha, a saia só ligeiramente acima do redondo joelho. Que amor tão bem educado que se … Continuar a ler

Publicado em Post livre | 8 Comentários

Equilíbrio, Walter-Ego & Dr. Mainde

Publicado em Post livre | 4 Comentários

Muhammad Ali

  Este é um livro de tesouros. Não se fica mais rico com estes tesouros, mas fica-se mais leve, mais bailarino, mais comovido e com um grande poder de soco. A capa está aqui em cima e nem toda a … Continuar a ler

Publicado em Está Escrito | 5 Comentários

Rugas Precoces

Gosto das rugas na música, das mãos calejadas. Sentir o tempo no som, o tempo da repetição, da dedicação. O peso da guitarra que se dobra nas costas. A sensação de uma maturidade, mesmo que precoce, de quarenta e cinco … Continuar a ler

Publicado em Post livre | 4 Comentários

Porque deixámos de gostar de poesia?

Um poema não serve para nada se não servir para nos emocionar. A razão para os escrever, a razão para ler poemas é, sempre foi, apenas uma, desencadear emoções. Ou, como disse Baudelaire, para “encantar”. É o que, num belíssimo … Continuar a ler

Publicado em Post livre | 6 Comentários

SLB ao Tri: é científico!

Creio que, desde 6ª feira, já se disputaram alguns jogos da edição da Liga 2105/16. Uma espécie de warm-up: entraram as bandas menores e reserva-se o espectáculo principal para a verdadeira inauguração. Daqui a menos de duas horas, entra em campo … Continuar a ler

Publicado em Post livre | 10 Comentários

Monteverdi

“Lamento della ninfa” do Orfeu de Monteverdi.  A interpretação é de Le Ponts des Arts.

Publicado em Post livre | 2 Comentários

Barcarola

Vinha pedir, fosse aqui no blog, aos meus camaradas, fosse no facebook onde hei-de ir pôr este post, que cantassem para mim. Mas como já sei que vou levar sopa, preveni-me em terra e vou de viagem com estas duas … Continuar a ler

Publicado em Post livre | 8 Comentários

F?

Kafka, nome impossível de duas con­so­an­tes e uma vogal; Kafka, len­ga­lenga infan­til a que só um insi­di­oso F evita a ridícula caco­fo­nia, pro­ta­go­ni­zou uma inimaginável pai­xão. O autor de “A Meta­mor­fose” amou à maneira dos filmes a que tanto ia, … Continuar a ler

Publicado em Post livre | 8 Comentários