A imoralidade

 

É preciso ser-se um bom e vigoroso moralista para se ser verdadeiramente imoral. A imoralidade não é uma arte para amadores.

 

 

Sobre Manuel S. Fonseca

O meu maior medo é que a morte seja tudo às escuras sem se poder ler. Pouco interessa deixar de ser humano, desde que não deixe de ser leitor. Ler é do mais feliz que tenho. Até porque escrever é triste.

Esta entrada foi publicada em Escrita automática. ligação permanente.