Arquivos Mensais: Abril 2016

A poesia de Eugénia surpreende e atordoa

Tenho poucas certezas na vida, mas apostei comigo mesmo que o livro de poemas de Eugénia de Vasconcellos, que publiquei agora na Guerra e Paz, ia ser reconhecido. Apostei aqui. A voz poética da Eugénia – que nós Tristes autores … Continuar a ler

Publicado em Post livre | 12 Comentários

A vizinha

A vizinha escreveu de mansinho um texto belo sobre o trabalho da nossa Eugénia. Não se conhecem. Não moram na mesma rua. Não vão à missa juntas.  Não têm capelinha. Em comum, a palavra.    

Publicado em Post livre | 4 Comentários

Entre Keita e Moriyama há o espaço de um cemitério.

Já vos disse que era Domingo, era luminoso e era Paris? E que eu andava armado em flâneur que é uma coisa que exige um certo jeito e uma certa pinta? Ah pois disse. Vamos em frente. Do Grand Palais … Continuar a ler

Publicado em Post livre | 6 Comentários

Pode ser que divague

Aprendi, e como eu terão aprendido muitos, que a história do impressionismo começava em 1863 no célebre salon des refusés. Pois parece que não. É tudo para fazer delete. A coisa vai buscar as suas raízes muito antes, ao início dos … Continuar a ler

Publicado em Post livre | 4 Comentários

A barba de Engels e o bigode de Nietzsche

Não gosto nada da barba vassoura de Friedrich Engels. Sempre gostei de Marx e se alguma vez aturei Engels foi só por ele ser rico e emprestar umas valentes massas ao amigo Karl. E a palha-de-aço do bigode esfregão de … Continuar a ler

Publicado em Post livre | 4 Comentários

Nikita e Soljenitsin

Nikita Krushchov abriu a caixa de Pandora que um dia Gorbachov havia de fechar. Denunciou os crimes de Estaline, no XX Congresso do Partido Comunista da URSS, em 1956. E em 1962, deixou que Alexander Soljenitsin, vítima dos gulags, os … Continuar a ler

Publicado em Post livre | 4 Comentários

EU NÃO SOU DE MODAS!

Eu não sou de modas! Nunca fui, muitas das vezes por teimosia, admito! Admiro contracorrentes, gente que questiona e que me envolve nos seus universos mágicos. Mas há pessoas às quais não consigo resistir, principalmente quando me surpreendem de forma … Continuar a ler

Publicado em Post livre | Tags , , | 4 Comentários

O morto de domingo

Hitchcock matou muita gente. Não me venham dizer que isso não faz dele um criminoso da pior espécie. O rotundo realizador britânico conta ter feito uma incerta maldade aos seis anos de idade. Talvez tenha sido, digamos, o precoce assédio … Continuar a ler

Publicado em Post livre | 2 Comentários

25 de Abril, Cultura e Democracia*

  A cultura, na aceção de adquirido intelectual de uma civilização ou de um grupo humano, entrou no nosso vocabulário relativamente tarde. A palavra latina cultura designava agricultura. Tínhamos a cultura da batata, da cenoura, da couve, e o resto … Continuar a ler

Publicado em Post livre | 3 Comentários

O meu 25 de Abril

A seguir ao 25 de Abril a minha rua mudou. Num passe de mágica, proletária talvez, ao lado de uma mercearia que hoje faria surgir abaixo-assinados para a sua preservação, abriu uma livraria que, segundo a minha avó, era de umas … Continuar a ler

Publicado em Post livre | 8 Comentários

James Whistler e a paisagem

Às voltas com Pessoa e Oscar Wilde, acabei agora de tropeçar no pintor americano James Whistler. Fernando Pessoa contou dele uma história deliciosa: «Uma senhora disse um dia a Whistler: «Vi ontem uma paisagem que me lembrou um quadro seu»… … Continuar a ler

Publicado em Post livre | 8 Comentários

Mao Tsé-tung e o Pequeno Livro Vermelho

Quis, como editor, na minha Guerra e Paz, passar pelas fracturas ideológicas que causaram as maiores tragédias humanas do século XX. Três livros, com maior ou menor ligação directa, estão, queira-se ou não, associados a esse desmedido cortejo e estendal … Continuar a ler

Publicado em Post livre | 5 Comentários

É triste perder um herói

  Era 81 ou era 82 e eles eram os meus primos mais velhos. Os Stones, heróis deles e por isso mesmo meus heróis, andavam em tournée mundial com o seu Still Life. Vai disso e eles partiram, inopinadamente, do … Continuar a ler

Publicado em Post livre | 16 Comentários

Como é que choro?

Voltamos sempre às mesmas discussões. Há sempre a remota hipótese de o PCP estar enganado e a Coreia do Norte não ser uma democracia. E mesmo que uma inesperada maioria da Assembleia da República fuja com o rabo à seringa, … Continuar a ler

Publicado em Post livre | 9 Comentários

FIM (*)

  Já não venho cá há tanto tempo que um dia destes a Tia enche-se de Tristeza e dá-me uma guia de marcha. Por isso começo pelo FIM – não confundir com FMI – do Mário de Sá Carneiro que … Continuar a ler

Publicado em Post livre | 8 Comentários