Arquivos Mensais: Setembro 2016

Mark Twain e Rudyard Kipling foram presos

Lembram-se daquilo das rãs? Da invasão dos bichos que assola Portugal? Já apanharam os tipos. Tudo preso!   Foram identificados e detidos os suspeitos que desencadearam a invasão animal que ontem assolou o país. Mark Twain e Rudyard Kipling, ambos … Continuar a ler

Publicado em Post livre | 7 Comentários

Hipertrófico Coração

Parece o título de uma telenovela esquisita, para lá de mexicana. (Apareceu-me na cabeça pela manhã, apenas apareceu) Uma telenovela de amor e hospitais, à volta de uma condição clínica rara: um coração gigante que não cabe no peito, porque … Continuar a ler

Publicado em Post livre | 1 Comentário

“Let’s Get Lost Here”

Acho que foi em Fevereiro que conheci o Kid, mais coisa menos coisa. Através de um email da Vera Marmelo, a minha querida Vera que até hoje me mima com presentes bons. O Kid chegou com uma mão cheia de … Continuar a ler

Publicado em Post livre | Comentários fechados em “Let’s Get Lost Here”

Da minha janela, Lisboa

Caro Fernando Medina, minha querida Lisboa, a SIC apresentou hoje a Reportagem Especial Da minha janela, Lisboa. E nela a situação em que tantos estamos. Não sou excepção: também gostaria de ter casa em Lisboa, e como é dito nesta … Continuar a ler

Publicado em Post livre | 5 Comentários

O velho Lua Nova

  Durante a lua nova, a maré está vazia pela manhã e de novo ao fim do dia — lua nova e lua cheia maré vazia às oito e meia, diz-se — e a amplitude, pela força gravítica combinada do … Continuar a ler

Publicado em Museu das Curtas | 6 Comentários

Praga de rãs invade Portugal

Mas onde é que já se viu isto? Temos o país cheio de rãs!   Milhares de rãs saltadoras estão a ser vistas por todo o país. São invulgaríssimas rãs amarelas e, estranhamente, caminham (ou saltam) em direcção às cidades. … Continuar a ler

Publicado em Post livre | 4 Comentários

Falavas com a Lua

-Andas a evitar o J   e ele não me larga, a querer saber o que se passa,   o que foi que fez, o que aconteceu lá em Barcelona, ou Madrid já nem sei exactamente…Logo eu porra, que tenho … Continuar a ler

Publicado em Museu das Curtas | Comentários fechados em Falavas com a Lua

Frase Saloia

“Temos de ser uns para os outros.” Eu gosto de frases saloias. São geralmente bem intencionadas.

Publicado em Escrita automática | Comentários fechados em Frase Saloia

Uma Bela Lição Sobre o Espírito e a Matéria

  Os primeiros trinta e cinco minutos são uma boa introdução ao número, se não tiverem tempo vale a pena ouvir a história que começa aos 34:00m – dura pouco tempo até ao minuto 38:31

Publicado em Ando Nisto | 2 Comentários

Anos 20: filmes nos olhos

Os loucos anos 20 tinham filmes nos olhos Manuel S. Fonseca Meteu-se pelos olhos ocidentais dentro e o olho do mundo nunca mais foi o mesmo. Há uma imagem de “Un Chien Andalou”, que resume exemplarmente tudo: dois dedos abrem … Continuar a ler

Publicado em Post livre | 8 Comentários

De anjos e outros seres aquáticos

  Oh gente do mar alto, errante de marés e luas diversas. Oh habitantes desse espaço que imita o azul do céu. Oh leitores de Borges e dos seus reflexos. De capas de livros vos falo, de seus títulos e … Continuar a ler

Publicado em Post livre | 1 Comentário

A correr

– Não olhes para mim assim. Vou já a correr votar.

Publicado em Post livre | 7 Comentários

ÁLVARO, do Fim (*)

  A árvore genealógica de cada um é a árvore genealógica de cada um. Há linhagens brilhantes ao longo de gerações e gerações e casos de irregularidade profunda. A regra é a aleatoriedade, daquilo que me foi dado a observar, … Continuar a ler

Publicado em Está Escrito | Comentários fechados em ÁLVARO, do Fim (*)

Não, não sou a única

Encostada ao pano de vidro, o despegar das nuvens mantinha-me absorta nos meus pensamentos. Tinha pouca memória das aulas de geografia mas sabia que o algodão branco que se afastava lentamente eram gotículas de água condensada suspensas. Será que os … Continuar a ler

Publicado em Post livre | Comentários fechados em Não, não sou a única

Nastassja Kinski

Descobri hoje, em 2016, trinta anos depois. Foi por causa dela que fui, pela primeira vez, à América, em 1986. Tinha-a visto comer morangos na Europa, à mão de Roman Polanski. Depois via-a em «One From the Heart». Durante anos, … Continuar a ler

Publicado em Post livre | 10 Comentários