Arquivos Mensais: Janeiro 2017

A cigarra (esqueçam lá a formiga)

La Cigale (A cigarra) é uma criação de Jules Joseph Lefebvre. Foi exposto, pela primeira vez, no Salon de Paris de 1872. Sem o braço esquerdo da modelo, flectido para que o mindinho roce os lábios, esta tela de Lefebvre … Continuar a ler

Publicado em Post livre | 8 Comentários

Pós-Verdade, Factos Alternativos e, vá, Pensamento Criativo

Já me ri tanto! Quem não viu, veja, quem viu, olhe, reveja. E não se esqueça, não seja obsoleto, que é lá isso de verdade? Se o seu marido/namorado/híbrido lhe mentir à bruta, diga: ó meu querido, que criativo, que … Continuar a ler

Publicado em Post livre | 2 Comentários

a entrevista perdida

Pode parecer estranho mas às vezes acontece. São dias em que a terra treme. (nem sempre são terramotos…) Num dia desses, em NY, um grupo de jovens mulheres artistas deu á luz.  Nasciam – as Guerrilla (gorila) Girls, um colectivo … Continuar a ler

Publicado em Post livre | 3 Comentários

Mistérios de Inglaterra

MISTÉRIOS DE INGLATERRA Antes, é preciso dizer que o meu rico sobrinho mais novo que já tem cinco, e não é bebé, nem um robot, é preciso esclarecer, é um menino, não tem ainda o ouvido ideal. Pronto, foi operado … Continuar a ler

Publicado em Post livre | 2 Comentários

Long distance call

  A minha ignorância tecnológica é tão lendária que nem me atrevo a dizer quem era o senhor Bell, nem quem era o senhor Watson, de tão carecas que todas as minhas amigas e os maridos delas estão de saberem … Continuar a ler

Publicado em Post livre | 8 Comentários

A conta que Deus fez

  Ateu empedernido, levemente mata-frades, lá me atirei pela segunda vez à Bíblia. Escusam de tocar trombetas no céu. Não me estou a converter. Continuo é convencido que nunca hei de perceber nada de arte europeia sem conhecer bem os … Continuar a ler

Publicado em Escrita automática | 4 Comentários

Na cama com John Ford

Vamos lá despachar o assunto. A fotografia é de 13 de Setembro de 1971, tirada dois anos antes da morte de John Ford, que eu, para mal dos meus pecados, nunca vi com estes olhos que Deus se anda a … Continuar a ler

Publicado em Post livre | 11 Comentários

Bem-aventurados os que bebem

Se não esgotou já, está nas bancas, há algumas semanas, o número de Inverno da revista Epicur. É dirigida por dois amigos meus, o Mário Rui de Castro e o Pedro Marta Santos. Minha cúmplice, no exaltado crime que é escrevermos na … Continuar a ler

Publicado em Post livre | 8 Comentários

A ARQUITECTURA DO SILÊNCIO*

  “As cidades silenciosas” poderia bem ser o título de um capítulo de “As cidades invisíveis” do Italo Calvino. Recordo-me de, em inícios de 2010, participar num projecto urbanístico e imobiliário de dimensão considerável, em Sant Feliu de Guíxols, na … Continuar a ler

Publicado em Trasladações e Outras Ossadas | 2 Comentários

A impertinente falha técnica

Crónicas atrás, ignorando-lhe o carpo, metacarpo, pus na minha mão direita o tarso, metatarso, que fui cruamente arrancar ao pé do mesmo lado. Ou seja, meti os pés pelas mãos. Não admira que me tenha estatelado na calçada molhada de … Continuar a ler

Publicado em Post livre | 8 Comentários

outros cader3nos

estrela cadente

Publicado em Post livre | 1 Comentário

Os Guardiões

  a rua? a mesma do outro dia não se mexeram enquanto passei sequer ladraram … guardavam

Publicado em Post livre | 10 Comentários

Ao Rui Santana Brito

Dos velhos tempos, o Rui foi o último a chegar. Foi o João Bénard que o trouxe para a Cinemateca. A biblioteca precisava de um cinéfilo. Aqueles livros fantasmas, as colecções de Cahiers du Cinéma e de Variety, de Hollywood … Continuar a ler

Publicado em Post livre | 14 Comentários

só é preciso virar a página

A partir de agora, repare bem no que acontece nas novas edições da Guerra e Paz, essa editora com a qual entretenho abusado comércio sexual e inefável tráfico espiritual. Mal abre um desses novos livros, o leitor vai encontrar uma … Continuar a ler

Publicado em Post livre | 4 Comentários

Domingos

Publicado em Post livre | Tags | 7 Comentários