Pra te fazer feliz

Eu não quero estar aqui a levantar falsos testemunhos, mas há gente que leva uma vida dupla. Acontece a quase qualquer um. Não se espera é que amigos nossos nos escondam atrás de um uma cortina, não digo de ferro, mas de vinil, talentos e prodígios que deviam partilhar connosco. Descobri agora que o Pedro Norton anda, com novo penteado, e fingindo que encolheu para caber, escondido, atrás de um violão, a dar show no Brasil, cantando a solo.

Ei-lo:

Pode não parecer, mas Pedro Norton só há um, o do Escrever é Triste e mais nenhum. Já nos podias ter contado, Norton!

Sobre Manuel S. Fonseca

O meu maior medo é que a morte seja tudo às escuras sem se poder ler. Pouco interessa deixar de ser humano, desde que não deixe de ser leitor. Ler é do mais feliz que tenho. Até porque escrever é triste.
Esta entrada foi publicada em Post livre. ligação permanente.

5 respostas a Pra te fazer feliz

  1. EV diz:

    Você, Manuel Fonseca, é um acusa Cristos! Está o nosso Pedro a fazer pela vida, a cantar nos trópicos com um diabo de uma caloraça, pra mais de peruca, todo encolhido, cheio de tatuagens autocolantes e sabe Deus o que mais e vem você e zás! acaba-lhe com o moonlighting…

  2. Pingback: Dr. Fonseca, que é lá isto?! |

  3. A caça ao homem! Agente Fonseca implacável!!!

SEJA TRISTE, COMENTE