los ojos con mucha noche

 

 

los ojos con mucha noche*

                                                                      manto   negro

fumo     facho.

(a roupa no chão)

                                                          Melro azul

Lume   abandonado

«Al poco giorno  e al gran  cerchio di ombra»**

 

 

           * frase tradicional espanhola

           ** verso de Dante

 

 

Sobre Ana Marchand

sou uma creatura sou uma creatura no meio de imensas outras criaturas. sou um pouco deste planeta e muito deste universo. busco o calor e a luz. fabrico imagens , olho atentamente ,deixo nas folhas dos cadernos essa memória , o registo, o arquivo leio , leio muito. rodeio-me de sons. sou nómada , viajante, curiosa, estudante. gostaria de me consumir totalmente, sem deixar resíduo.
Esta entrada foi publicada em Post livre. ligação permanente.

2 respostas a los ojos con mucha noche

  1. EV diz:

    …Las venas con poca sangre, los ojos con mucha noche… Gosto tanto disto!

  2. Pingback: Com muita noite |

SEJA TRISTE, COMENTE