Aquivos por Autor: Manuel S. Fonseca

Sobre Manuel S. Fonseca

O meu maior medo é que a morte seja tudo às escuras sem se poder ler. Pouco interessa deixar de ser humano, desde que não deixe de ser leitor. Ler é do mais feliz que tenho. Até porque escrever é triste.

O fogo

É muito difícil escrever posts alheios à realidade que os portugueses viveram nas últimas 48 horas. Sobretudo porque, poucos meses depois, se repetiu a mesma tragédia, se sucederam outras e novas mortes e se choraram novas lágrimas sobre lágrimas já … Continuar a ler

Publicado em Post livre | 1 Comentário

Uma noite no Soho

Hoje não vou ao cinema. Iria, se me prometessem que lá estavam Francis Bacon e Lucian Freud. Digo-vos quem são. São dois tipos que se revoltaram contra o futuro. Haverá quem diga que são ou eram dois pintores e eu, … Continuar a ler

Publicado em Post livre | 6 Comentários

Talvez o careca fosse o Senhor Pinto

Quem é que, naquele tempo, tinha uma cabeça mais lisa e alva do que o deserto do Namibe? Tenho de perguntar ao Abílio e ao Simão, meus mais-velhos dos felicíssimos anos 68 e 69 da Luanda colonial. Talvez o careca … Continuar a ler

Publicado em Post livre | 4 Comentários

O que a SIC me deu a mim

A Manolo Bello e Pedro Norton À minha equipa de Direcção de Programas (Gualdino Paredes, Ana Torres, José Navarro, Victor Moura Pinto, Rui Silva Lopes) A Francisco Balsemão e Trigo de Sousa  A Francisco Grave, José Bastos e Silva e … Continuar a ler

Publicado em Post livre | 1 Comentário

Nasceram três coisas lindas

Parece que é um documentário. Vou ver se o descubro. Mas este versão que começa com um bolero canónico, Lágrimas Negras, descamba na mais invejável liberdade livre. É bonito de ver e ouvir: quando tu nasceste, nasceram três coisas belas, … Continuar a ler

Publicado em Post livre | 4 Comentários

A rapariga loura, de olhos tão mansos e líricos

Agora vive lá José Eduardo dos Santos. Ou ali tão perto. Era uma das casas do quilómetro 14, em que me aboletava para festas e praia. Já longe de Luanda, Morro da Luz na colina à esquerda de quem ia … Continuar a ler

Publicado em Post livre | 8 Comentários

A bofetada anti-nazi de Errol Flynn

Já está nas bancas o número de Outono da revista Epicur. Sombras é o tema, mas as sombras tanto podem ser a de Rita Redshoes e uns sapatinhos Laboutin, como a sombra de Pedro Norton e o vinho que ele … Continuar a ler

Publicado em Post livre | 2 Comentários

O bibe

O fulgor do ouro cegou o século XXI. Olhem para as artes plásticas e vejam a ferocidade com que o dinheiro se arrogou o direito de ser o critério de beleza deste tempo. “Nada abaixo das cinquenta mil libras é … Continuar a ler

Publicado em Post livre | 2 Comentários

De Larkin ao Físico Prodigioso

Podia tê-lo feito por via institucional, através dos meios neutros, digamos assim, da Guerra e Paz editores, mas não quis. Decidi meter-me pessoalmente, aqui no blog, no facebook e afins, no pedido de subscrição em curso para que nasça uma … Continuar a ler

Publicado em Post livre | 6 Comentários

Russell Crowe e eu

Façam como John F. Kennedy, não me perguntem o que tenho de parecido com Russell Crowe, perguntem antes o que tem Russell Crowe de parecido comigo. Em “Fathers and Daughters”, melodrama piegas em que só eu, um crítico de Newark … Continuar a ler

Publicado em Post livre | Deixe o seu comentário

Uma comunidade de editores

Venho convidar-vos a gastar o vosso dinheiro. E se calhar já comecei mal: o que eu queria era convidar-vos a serem editores de um livro. Têm ouvido as notícias sobre a crise de jornais e revistas e sobre o fim … Continuar a ler

Publicado em Post livre | 12 Comentários

E pluribus unum

De vez em quando, um bocadinho de cooperação não só não faz mal a ninguém, como é capaz de nos trazer melodia, ritmo e great fun.

Publicado em Post livre | 1 Comentário

Uma lista conservadora

A boa moral Abomino, pelo aborrecido que me palpita ser, a ideia de um mundo libertino. Defendo, por amor ao insidioso pecado, o modelo conservador que Jean Renoir recomendava aos seus financiadores: “É do interesse dos produtores manterem um adequado … Continuar a ler

Publicado em Post livre | 3 Comentários

Manifesto Revolucionário aspas aspas

Abaixo a discriminação. Não sei o que deu aos grandes líderes e educadores das massas ortográficas, mas isto é inaceitável. Querem acabar com as aspas curvas. Discriminar desta forma as aspas inglesas, lá por ter havido o Brexit, fere os … Continuar a ler

Publicado em Post livre | 2 Comentários

Pra te fazer feliz

Eu não quero estar aqui a levantar falsos testemunhos, mas há gente que leva uma vida dupla. Acontece a quase qualquer um. Não se espera é que amigos nossos nos escondam atrás de um uma cortina, não digo de ferro, … Continuar a ler

Publicado em Post livre | 5 Comentários