Arquivo da Categoria: Post livre

post livre

Filmes, marmelada e um funeral

Quem frequenta salas de cinema é suspeito. Exige-se-lhe que responda, com cara de Buster Keaton, a este questionário slapstick à la Proust iniciado a semana passada. Filme para uma bela sessão de, digamos, marmelada no cinema  Se é para estar … Continuar a ler

Publicado em Post livre | 3 Comentários

lugar paralelo

Chão alheio Constelação sem estrelas Segredos  estagnados Correntes silos velas Marés águas Fragmentos No profundo coração A mesma construção Terra culta moribunda Sem sopro imenso azul Crua queda carne frágil Casa pomar olival

Publicado em Post livre | 1 Comentário

Há mil anos atrás

HÁ MIL ANOS ATRÁS Há mil atrás, todos tivemos pai todos tivemos mãe, avô, avó também, há mil anos atrás fizemos esqui de tapete pelo corredor encerado e demos quedas condizentes com o riso acelerado; e há mil anos atrás … Continuar a ler

Publicado em Post livre | 5 Comentários

Sobre os Desafios

Publicado em Post livre | Tags | 2 Comentários

Tempística

TEMPÍSTICA É Inverno e a Primavera chegou. As árvores tão despidas na avenida, lá em baixo, não sabem. É que há isto de não saber o que não se pode saber: como pode a folha chegar antes da hora se … Continuar a ler

Publicado em Post livre | 4 Comentários

Deixem ir o amador à coisa amada

Este texto foi uma encomenda. Escrevi-o com muito gosto e com um descaramento que se baseia numa ideia simples: os poetas, os pintores, os romancistas devem ser falados, interpretados e comentados pelos seus leitores, mesmo por aqueles que, como eu, … Continuar a ler

Publicado em Post livre | 4 Comentários

Primavera em Bucareste

Este foi o press release da Guerra & Paz. Posto isto: vamos todos à Roménia celebrar a Primavera em Bucareste?  Eugénia de Vasconcellos, poeta portuguesa, autora da Guerra & Paz, foi convidada a participar na IX.ª Edição do Festival Internacional de Poesia … Continuar a ler

Publicado em Post livre | 5 Comentários

Somos todos arguidos

Este é o primeiro volet de um inquérito cinéfilo. A continuação, segunda e última parte, podem lê-la no Expresso em papel de hoje – e poupem-me a essa enervante conversa de “ai, eu deixei de ler o Expresso, só leio … Continuar a ler

Publicado em Post livre | 6 Comentários

Escola de Santidade

ESCOLA DE SANTIDADE Talvez eu tenha sido como disse Paulo: não faço o bem que quero, mas o mal que não quero, esse faço. Talvez tu tenhas sido como foi Pedro: jamais me negarias para logo me negares, e mais … Continuar a ler

Publicado em Post livre | 4 Comentários

A mulher imperseguível

Não sei o que pensava Camões, mas eu estou farto de mudança: invoco um tempo definitivo.  Não quero que nada mude. Num filme, “Baisers Volés”, de Truffaut, havia um detective que anunciava esse tempo sempre igual, perene. Soluça-me a prosa … Continuar a ler

Publicado em Post livre | 3 Comentários

Nem fogo nem fogão

Meu amigo Vinicius, leia com seu sotaque, perdão, sutaqui, esta não-feijoada para sua “feijoada à minha moda”   NEM FOGO NEM FOGÃO De quando em vez, alguém me sabe e tudo compreende: agora mesmo, teu poema de feijão, rede e … Continuar a ler

Publicado em Post livre | 9 Comentários

Crepúsculo (2)

Richard Diebenkorn 1956 Não tinha de ser assim. Não tinha de ser assim, parecia repetir para si próprio logo de manhã , a luz fresca da neblina a entrar pela janela sobre o vale, ainda adormecido, como lhe parecia o … Continuar a ler

Publicado em Post livre | 2 Comentários

Amor de sempre e para sempre, não estás

AMOR DE SEMPRE E PARA SEMPRE, NÃO ESTÁS Meu Espírito, Minha Carne, Meu Nome para a Alegria, Minha Porta para o Amor, Meu Amor: não se pode amar sozinho: a escuridão existe e tu não estás aqui.

Publicado em Post livre | 5 Comentários

De ouro a águia, de prata o luar

  Eu e a minha águia. Quando ela voa sinto-me livre. Ela pousa e o meu corpo tem asas. E não me lembro das montanhas que galgei, das horas geladas, dos anos de treino que passaram até a sentir como … Continuar a ler

Publicado em Post livre | 6 Comentários

Não acordes…

Nas fases profundas do sono não se devia acordar com memória do sonho onde estávamos: quem é esta pessoa que nos habita enquanto nós dormimos? E vive aquilo que jamais viveríamos? E num mundo com outras leis, a natureza com … Continuar a ler

Publicado em Post livre | 7 Comentários